1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Temporada da Fórmula 1 terá prova de rua na capital do Azerbaijão

- Atualizado: 21 Fevereiro 2016 | 07h 00

Baku receberá em junho o GP da Europa, com reta de 2 km

O calendário mais longo da Fórmula 1 terá duas etapas a mais do que no ano passado. O GP da Alemanha retorna, e a maior novidade será a disputa do GP da Europa nas ruas de Baku, a capital do Azerbaijão. O país jamais tinha recebido a categoria, e ganhou uma pista de 6 km de extensão à beira do mar Cáspio. A prova vai começas às 18 horas no horário local (10 horas de Brasília) e será disputada no dia 19 de junho.

A ideia inicial da organização era ter realizado o GP no local no ano passado, mas o circuito não ficou pronto a tempo. O desenho é de autoria do alemão Hermann Tilke, arquiteto que assina projetos de outras pistas modernas da categoria, como Rússia, China, Cingapura, Bahrein e Abu Dabi.

Chefe da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, levou a categoria para o Azerbaijão

Chefe da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, levou a categoria para o Azerbaijão

O GP de Baku tem como atrativo uma reta de quase 2 km de extensão em que os carros devem chegar aos 340 km/h. A previsão é que os 6 km de extensão propiciem uma velocidade média de 200 km/h, com passagens por pontos turísticos e históricos da capital do país. Assim como Interlagos, o traçado é no sentido anti-horário.

O GP da Alemanha retorna à categoria depois de um ano de ausência. A corrida em Hockenheim ficou fora em 2015 por falta de acordo comercial entre os organizadores da prova e a direção da Fórmula . O mesmo risco paira a partir do próximo ano sobre o GP da Itália, em Monza, cujo contrato termina este ano.

A FIA anunciou o calendário com uma das etapas ainda sem confirmação. O GP dos Estados Unidos, em Austin, aparece sob dúvida pelo corte de repasses do governo do Estado do Texas para a realização da prova. A etapa aguarda negociações e acordos para se tornar oficial.

O Brasil está mantido pelo terceiro ano seguido como a penúltima etapa do calendário, em 13 de novembro. Para a próxima edição a categoria terá à disposição a obra completa da área dos boxes. O edifício principal terá o teto mais alto, e o prédio do paddock, entregue parcialmente em 2015, estará com o segundo andar pronto.

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX