Toru Hanai/Reuters
Toru Hanai/Reuters

Após brilharem na Malásia, pilotos da Red Bull esperam desafio no Japão

Max Verstappen e Daniel Ricciardo, vencedor e terceiro colocado na Malásia, acreditam em muitas dificuldades no circuito de Suzuka

O Estado de S.Paulo

03 Outubro 2017 | 18h14

Maior destaque do GP da Malásia de Fórmula 1, no fim de semana, a Red Bull projeta um desafio mais complicado pela frente no GP do Japão, no domingo que vem. O holandês Max Verstappen, vencedor da prova disputada em Sepang, aposta na concentração para voltar a se destacar.

+ Ansioso por GP do Japão, Massa prevê boa adaptação da Williams a Suzuka

"A minha curva favorita é a sequência da 'S', no primeiro setor, mas também é a parte mais difícil da pista e você precisa estar muito concentrado para obter o melhor acerto no carro", projetou Verstappen, que se diz familiarizado com o traçado japonês.

"O circuito de Suzuka sempre será um lugar especial para mim porque eu fiz minha estreia na Fórmula 1 lá, num treino livre de sexta-feira. É uma típica pista 'old school'", disse o jovem holandês.

Terceiro colocado na Malásia, o australiano Daniel Ricciardo também acredita que a Red Bull terá mais trabalho em Suzuka. "É uma pista dura para qualquer piloto. Mas o primeiro setor é divertido e há muito tempo que se pode ganhar com o acerto correto do carro. E a última chicane é a curva mais difícil no traçado."

Tanto Verstappen quanto Ricciardo se disseram ansiosos pelo contato com os fãs japoneses. "Eu não posso falar do Japão sem mencionar os fãs. Sempre ganhamos presentes incríveis lá e você pode vê-los nas arquibancadas vestidos com os macacões e as marcas dos carros e capacetes, é muito especial", disse o australiano.

Mais conteúdo sobre:
Fórmula 1 Red Bull Racing

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.