Barrichello ameaça sair, diz jornal

A decisão da Ferrari em deixar o modelo do ano passado (F2001) para Rubens Barrichello correr o GP Brasil de Fórmula 1, neste domingo, no circuito de Interlagos, tem desagradado e muito o brasileiro. Na sua edição desta quinta-feira, o diário italiano ?La Gazzetta dello Sport? publica palavras do próprio piloto manifestando a intenção de não ficar mais na escuderia. ?Eu gostaria de também poder pilotar um novo carro. Se não me querem mais eu vou embora?, disse. A bronca de Rubinho é porque a escuderia trouxe apenas uma modelo da nova Ferrari 2002 para correr o GP do Brasil, mesmo após ter realizado testes com o piloto brasileiro e o F2002, em Barcelona. Na ocasião, Barrichello elogiou e aprovou o carro, dando a entender que estava pronto para competir com ele.

Agencia Estado,

28 Março 2002 | 11h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.