Lluis Gene/ AFP Photo
Lluis Gene/ AFP Photo

Belga da McLaren perde 3 posições no grid de Mônaco por batida em Massa

Choque aconteceu na 34ª volta, durante ultrapassagem de piloto brasileiro

Estadao Conteudo

14 Maio 2017 | 13h54

O piloto belga Stoffel Vandoorne, da McLaren, foi punido neste domingo por manobra irregular que quase tirou Felipe Massa do GP da Espanha de Fórmula 1. Ele vai perder três posições no grid da próxima corrida, em Mônaco, no dia 28 deste mês.

O choque aconteceu na 34ª volta, quando Massa fazia ultrapassagem sobre Vandoorne. O piloto da Williams passou por dentro, com facilidade, e o belga, ao tentar recuperar sua posição, bateu rodas com o carro do brasileiro.

Massa não foi afetado pelo choque. Sem danos em seu carro, continuou na prova até cruzar a linha de chegada em 13º lugar. Já Vandoorne saiu da pista e quebrou parte da suspensão de sua McLaren. Ele chegou a criticar a ultrapassagem de Massa, mas os comissários decidiram que a manobra foi regular.

Em outra decisão dos comissários da prova, o dinamarquês Kevin Magnussen e o russo Daniil Kvyat escaparam de punição por conta de batida na volta 62 (de um total de 66). Eles brigaram pelo nono lugar quando Kvyat, da Toro Rosso, tentou a ultrapassagem e um dos pneus de Magnussen, da Haas, acabou furado.

Mais conteúdo sobre:
Fórmula 1 Fórmula 1 McLaren

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.