AMANDA PEROBELLI/ESTADAO
AMANDA PEROBELLI/ESTADAO

'Ele representava todos os trabalhadores do Brasil', diz irmã de Senna

Presidente do Instituto Ayrton Senna participou da abertura de uma praça em São Paulo em homenagem ao piloto

Priscila Mengue, O Estado de S.Paulo

01 Maio 2017 | 18h40

No dia em que se completa 23 anos da morte de Ayrton Senna, Viviane Senna atribuiu ao esforço o sucesso do irmão. A declaração ocorreu durante a inauguração da Praça Ayrton Senna, junto ao Modelódromo Ibirapuera, na zona sul de São Paulo. No local, foi colocada a escultura "Velocidade, Alma e Emoção", em homenagem ao piloto, que antes ficava próximo ao túnel Ayrton Senna, de autoria da artista Melinda Garcia.

"O Ayrton ganhou muitas corridas, ganhou três campeonatos, mas tiveram pilotos que ganharam mais do que ele, só que ele é considera o maior piloto de todos os tempos em todas as pesquisas. As pessoas o admiram não só pelo talento que venceu corridas, mas sim porque ele venceu do jeito certo, com os valores certos, representando nós todos, brasileiros, que levantamos todo dia cedo trabalhar", disse. Viviane chegou a falar que o piloto "representava todos os trabalhadores do Brasil".

Em discurso, ela ainda lembrou das "manhãs maravilhosas", em que todos sentiam o "coração bater mais rápido", como uma das primeiras vitórias do piloto, em 1986, quando ele pediu para um espectador da arquibancada lhe emprestar a bandeira brasileira. "Quem venceu naquele dia não foi o Ayrton Senna, foi o Brasil", disse.

Viviane contou o que considera ser o motivo de o irmão ter virado o "rei da chuva". "Certamente ser campeão da chuva se deve ao kart. Uma das primeiras vezes em que ele estava correndo em São Paulo, ele perdeu o controle e foi parar na grama. Depois disso, sempre que chuvia, ele ia para qualquer lugar de São Paulo que tivesse algum pedaço de asfalto e andava, andava, até terminar a luz."

Na praça, a presidente do Instituto Ayrton Senna ainda visitou a carreta "Ayrton Senna Concept Box", com a exposição de itens originais do tricampeão e a venda de produtos oficiais. A instalação estará aberta para visitação entre 2 e 21 de maio no Shopping Eldorado (Av. Rebouças, 3.970), e, depois, entre 22 e 31 do mesmo mês, no Esporte Clube Pinheiros (Rua Angelina Maffei Vita, 493), em Pinheiros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.