John Townsend/Divulgação
John Townsend/Divulgação

Ensaio geral para GP do Brasil de F-1 em Interlagos inclui simulação de acidente

Prova de automobilismo acontece dia 12 de novembro em São Paulo

Estadão Conteúdo

28 Outubro 2017 | 18h06

O Autódromo de Interlagos, em São Paulo, está preparado para receber o GP do Brasil de Fórmula 1 nos dias 10, 11 e 12 de novembro. Neste sábado, as equipes médica e esportiva estiveram no local da prova para ensaiar todos os procedimentos da corrida. Após a realização dos ensaios, a comissão técnica avaliou que está tudo preparado para o evento.

+ Vettel supera Verstappen e conquista a pole no México; Hamilton larga em terceiro

+ Verstappen supera Hamilton e lidera último treino livre no México; Vettel é 3º

+ Leia mais notícias sobre velocidade

Serão cerca de 250 integrantes dos quadros de atendimento médico, sinalização, boxes, resgate, combate a incêndio e comissão técnica. Os cuidados da equipe médica são tantos que foi realizada uma simulação de acidente para treinamento e remoção dos pilotos.

"A importância do simulado é a integração das devidas equipes. Todas elas têm suas práticas ao longo do ano. Mas esta é a oportunidade de fazermos um trabalho conjunto. Por exemplo, na remoção, a equipe de resgate tem que ser a primeira a iniciar o trabalho", explicou o diretor-médico da prova, Dino Altman.

Para a prova deste ano, o Autódromo de Interlagos contará com um novo hospital oficial, o Leforte, que terá o centro de operações na unidade Liberdade, na região central de São Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.