Equipe de Gene Haas garante estar no prazo para estrear na F1 em 2016

A temporada 2015 da Fórmula 1 está prestes a ter início, no fim de semana. Mas é o campeonato de 2016 que preocupa a Haas Racing Team. Nesta terça-feira, o futuro chefe da equipe norte-americana revelou as novas etapas cumpridas pelo novo time da F1 em busca da estreia na categoria no próximo ano e garantiu que vai alcançar todos os prazos a tempo de correr em Melbourne, no GP da Austrália, que deve abrir a temporada 2016.

Estadão Conteúdo

10 Março 2015 | 15h48

"Ao mesmo tempo em que ainda há muito trabalho a fazer, muito já foi alcançado para sermos competitivos no grid de 2016", declarou Gunther Steiner. "Nossa parceria técnica com a Ferrari nos permitiu desenvolver o carro e nosso pessoal numa ritmo excepcional", disse o chefe da nova equipe da F1.

Além da parceria com o time italiano, a Haas Racing Team tem evoluído na busca por reforços na equipe e por uma base na Europa. Recentemente, o grupo comandado pelo empresário Gene Haas adquiriu a fábrica da Marussia na cidade inglesa de Banbury. A compra foi um grande passo para o time, que terá acesso a novos fornecedores e facilidade na logística trabalhando do outro lado do Oceano Atlântico.

A equipe americana também buscou reforços na Marussia. O gerente administrativo, Dave O?Neill, e o chefe de design, Rob Taylor, foram contratados nas últimas semanas. Assim como Ben Agathangelou, chefe de aerodinâmica, que veio da Ferrari.

"A forma como estamos montando nossa equipe de F1 é diferente e nova, mas está funcionando. Estamos comprometidos com nossos planos, com a Fórmula 1 e, acima de tudo, estamos dentro do nosso cronograma", destacou Gunther Steiner. "Neste mesmo mês, no próximo ano, nossos carros já terão sido testados e estarão prontos para correr em Melbourne."

Mais conteúdo sobre:
Fórmula 1 Gene Haas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.