1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Felipe Massa prevê Williams mais competitiva após pausa

Estadão Conteúdo

21 Agosto 2014 | 13h 49

Equipe ocupa quarta posição no Mundial de construtores, sete pontos atrás da Ferrari: apesar de evolução, piloto continua irregular

Após quatro semanas de paralisação, a Fórmula 1 volta neste final de semana com a disputa do GP da Bélgica, em Spa-Francorchamps. Ao menos no papel, o circuito belga é um dos que mais favorecem a Williams de Felipe Massa, ao lado do Circuito de Monza, palco do GP da Itália no próximo dia 7. Mas o brasileiro acredita que sua equipe pode ser mais competitiva ao longo de toda a segunda parte da temporada, e não só nas duas próximas provas.

"Espero que seja favorável não só no papel. Espero poder mostrar um bom desempenho aqui e em Monza. Mas eu diria que em quase todas as corridas podemos ser competitivos. Talvez Cingapura seja a mais complicada, mas eu diria que na maior parte das pistas nas quais vamos competir, podemos ser competitivos", declarou nesta quinta-feira.

Nono colocado do Mundial, com 40 pontos, Massa vive uma temporada cheia de altos e baixos. Nas últimas quatro provas, por exemplo, conseguiu seus dois melhores resultados no ano - na Áustria, onde foi quarto, e na Hungria, onde foi quinto -, mas também precisou abandonar a prova nas outras duas oportunidades - na Inglaterra e na Alemanha. O brasileiro, no entanto, segue empolgado e vê sua equipe em evolução.

Volta às pistas!
REUTERS

No próximo sábado será decidido o Grid do GP da Bélgica e, no domingo, a corrida acontece após quase um mês sem provas

"Espero que continuemos crescendo, evoluindo, como fizemos da primeira corrida até agora. Seria ótimo ter um carro muito competitivo e fazer uma boa corrida aqui e em Monza, mas também em toda a segunda parte da temporada. Ainda estamos na briga. Sabemos como é importante pontuar. Vamos para luta, fazer de tudo para sermos competitivos", prometeu.