Justiça devolve Williams de Senna

A Williams do acidente fatal que matou o tricampeão mundial Ayrton Senna, em 1994 no circuito de Ímola, no GP de San Marino, foi devolvida pela justiça italiana à escuderia inglesa, segundo informou nesta terça-feira a publicação alemã ?Motorsportaktuell?. Parte do carro envolvido no acidente encontrava-se em uma oficina na cidade italiana de Bologna, onde estava submetido às investigações das autoridades locais. O caso foi encerrado pela justiça italiana em primeira instância e foram absolvidos de homicídio culposo os engenheiros Adrian Newey e Patrick Head.

Agencia Estado,

26 Março 2002 | 15h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.