Joe Castro/EFE
Joe Castro/EFE

Lewis Hamilton conquista a pole position no GP da Austrália de Fórmula 1

O britânico larga na frente das Ferraris de Kimi Raikkonen e Sebastian Vettel

Agence France-Presse

24 Março 2018 | 05h08
Atualizado 24 Março 2018 | 10h25

O campeão mundial da equipe Mercedes, o piloto britânico Lewis Hamilton, fez uma emocionante volta final no treino classificatório deste sábado, 24, para conquistar a pole position para o Grande Prêmio da Austrália da Fórmula 1 em Melbourne. Hamilton superou seus rivais estabelecendo o tempo de 1m21s164 para conquistar a pole de número 73 de sua carreira.

+ Sem pilotos, Brasil terá representantes nos bastidores da Fórmula 1

+ Destaque nos treinos livres, Verstappen torce por chuva no GP da Austrália

+ Confira mais notícias de esportes a motor

A dupla da Ferrari, Kimi Raikkonen e Sebastian Vettel, terminou em segundo e terceiro, com Max Verstappen, da Red Bull, em quarto lugar. Hamilton venceu com uma diferença de 0,664 segundo para Raikkonen. 

O britânico surge como um grande favorito para revalidar o título e queria demonstrar isso desde a primeira corrida, antes da ameaça do outro tetracampeão mundial, Sebastian Vettel (Ferrari), o jovem prodígio holandês Max Verstappen (Red Bull), ou até mesmo de seu companheiro de equipe, o finlandês Valtteri Bottas. Como seu rival alemão, Hamilton tem duas vitórias em Melbourne (2008 e 2015). 

"Algumas pessoas estão se perguntando o que me leva a continuar na F1, depois de já ter ganho quatro títulos, mas a resposta é que eu coloco todos os marcadores em zero a cada ano", disse o britânico, ainda antes de iniciar os treinos neste circuito nesta sexta-feira, 23. /AFP

 

Classificação do treino qualificatório:

1. Lewis Hamilton (GBR / Mercedes) 1: 21.164

(velocidade média: 235,213 km / h)

2. Kimi Raikkonen (FIN / Ferrari) 1: 21,828

3. Sebastian Vettel (ALE / Ferrari) 1: 21.838

4. Max Verstappen (HOL / Red Bull-TAG Heuer) 1: 21.879

5. Daniel Ricciardo (AUS / Red Bull-TAG Heuer) 1: 22.152

6. Kevin Magnussen (DIN / Haas-Ferrari) 1: 23.187

7. Romain Grosjean (FRA / Haas-Ferrari) 1: 23.339

8. Nico Hülkenberg (ALE / Renault) 1: 23,532

9. Carlos Sainz Jr (ESP / Renault) 1: 23.577

10. Valtteri Bottas (FIN / Mercedes) 0,000

           

Eliminados na C2:

11. Fernando Alonso (ESP / McLaren-Renault)

12. Stoffel Vandoorne (BEL / McLaren-Renault)

13. Sergio Pérez (MEX / Força Índia-Mercedes)

14. Lance Stroll (CAN / Williams-Mercedes)

15. Estéban Ocon (FRA / Force India-Mercedes)

           

Eliminados na C1:

16. Brendon Hartley (NZL / Toro Rosso-Honda)

17. Marcus Ericsson (SUE / Sauber-Ferrari)

18. Charles Leclerc (MON / Sauber-Ferrari)

19. Sergey Sirotkin (RUS / Williams-Mercedes)

20. Pierre Gasly (FRA / Toro Rosso-Honda)

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.