Johannes Eisele/AFP
Johannes Eisele/AFP

Lewis Hamilton exalta equilíbrio entre Mercedes, Ferrari e Red Bull

Piloto inglês foi o melhor do segundo treino livre para o GP da Catalunha

Estadão Conteúdo

11 Maio 2018 | 17h30

Atual líder do Mundial de Fórmula 1 e primeiro colocado do segundo treino livre do GP da Espanha de Fórmula 1, nesta sexta-feira, Lewis Hamilton exaltou a proximidade de desempenho apresentada por Mercedes, Ferrari e Red Bull neste primeiro dia de atividades de pista no Circuito da Catalunha, nas proximidades de Barcelona.

+ Bottas lidera dobradinha da Mercedes no primeiro treino livre na Espanha

+ Pilotos apostam em intervenção da Red Bull em caso de novos incidentes

piloto inglês evitou exibir euforia ao comentar o fato de que terminou o dia na frente, poucas horas depois de o seu companheiro de Mercedes, o finlandês Valtteri Bottas, ter liderado a primeira sessão livre.

"Estamos muito próximos da Ferrari, que amanhã (sábado) poderá trazer algo novo (no treino de classificação para o grid), enquanto os carros também estão andando perto. Estamos muito próximas as três equipes que estão na liderança do Mundial. Amanhã veremos qual das três equipes está melhor", afirmou Hamilton.

O britânico também qualificou o dia de treinos como "muito bom" e destacou que o fato de estar ventando muito durante as sessões dificultou um pouco a obtenção do melhor desempenho. "Todos os pilotos estavam lutando com a mudança de direção do vento. Você está constantemente chegando em cada curva e a direção do vento nunca é a mesma", disse, para depois enfatizar: "Estas condição tornam muito difícil definir para onde o acerto (do carro) precisa ir".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.