1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Magnussen mostra confiança após início discreto na F1

AE - Agência Estado

18 Junho 2014 | 15h 57

Estreante na Fórmula 1, o dinamarquês Kevin Magnussen tem tido uma primeira temporada sem muito brilho, mas ele não desanima para a sequência do campeonato. O piloto da McLaren teve um segundo lugar no GP da Austrália como sua melhor colocação, mas depois disso seus melhores resultados foram duas nonas posições. Tem 23 pontos ganhos até aqui, 20 a menos do que seu companheiro de equipe, o ex-campeão mundial Jenson Button.

"É importante se manter confiante. Confiança não é algo que você coloca em si mesmo, é algo que existe dentro de você, é algo que você constrói durante muitos anos", afirmou o piloto de 21 anos à revista britânica Autosport nesta quarta-feira.

Além de se manter otimista, o dinamarquês sabe que precisa melhorar. "As coisas ruins não vão embora sozinhas, você precisa entender o que está causando esses resultados ruins. Mesmo tendo confiança em suas habilidades, você pode pilotar mal do mesmo jeito", disse Magnussen, que, segundo o diretor de corridas da McLaren, Eric Boullier , pode estar sentindo o peso de ser um novato sofrendo com um carro pouco competitivo.

O dinamarquês garante que pode mostrar mais. "Acredito que eu tenho habilidade para ser o melhor, mas entendo que nem sempre eu sou - preciso crescer em muitas áreas. Confio no meu potencial, mas não acho que eu já mostrei meu máximo até aqui. Preciso evoluir", reconheceu o atual nono colocado no Mundial de Pilotos, já pensando no GP da Áustria, a oitava etapa da temporada, que será realizado neste final de semana no circuito de Spielberg.