Mário Haberfeld larga em 3º na F-3000

Ao contrário do que aconteceu no ano passado, quando quatro pilotos brasileiros dominaram os primeiros lugares no grid de largada, o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 3000 de 2002 terá uma primeira fila estrangeira. O pole position da etapa, que marca a abertura da temporada na categoria, foi o francês Sebastien Bourdais (1min26s056), da Super Nova, com o segundo lugar do checo Tomas Enge, da equipe Arden, com o tempo de 1min26s120m. Mário Haberfeld, da Astromega, foi o melhor brasileiro (1min26s383), em terceiro. Entre os pilotos, um dos assuntos principais é a adaptação aos novos carros que, por obedecerem as regras de segurança para a Fórmula 1, estão totalmente diferentes dos de 2001. "É preciso cuidado porque basta você puxar o volante um pouquinho a mais para perder o controle do carro", disse Bourdais. Enge ressaltou que gosta da pista brasileira, que possui vários pontos de ultrapassagem. Haberfeld afirmou que o resultado do treino de classificação não pode ser tomado como parâmetro para prova. "O desempenho do carro pode ser totalmente diferente com o tanque cheio." Sobre sua posição no grid, o piloto procurou não se empolgar. "Fui o melhor brasileiro, mas como este não é um campeonato brasileiro, sei que tenho de melhorar para vencer." Entre os outros pilotos do País, Rodrigo Sperafico (Durango), ficou em quarto lugar, Antônio Pizzonia (Petrobrás Jr.) em sétimo, Ricardo Maurício (Red Bull Júnior) em oitavo, Ricardo Sperafico (Petrobrás Jr.) em nono e Antônio Sperafico (Minardi) em 18º.

Agencia Estado,

29 Março 2002 | 18h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.