1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Massa diz que erro da Williams tirou chance de vitória em Montreal

AE - Agência Estado

10 Junho 2014 | 09h 17

Piloto diz que se não fosse o problema no pit stop, ele poderia ter ficado à frente de Daniel Ricciardo na classificação geral do GP

Felipe Massa ainda lamenta os problemas que enfrentou no GP do Canadá, no último domingo, quando se envolveu em um acidente com o mexicano Sergio Pérez, da Force India, na volta final e acabou batendo com violência quando brigava pela quarta posição da corrida realizada em Montreal. O brasileiro, porém, ressaltou que um erro cometido pela Williams em sua primeira parada nos boxes foi fatal para que suas chances de vitória ficassem reduzidas.

Massa vinha andando em forte ritmo no primeiro pelotão da prova quando foi para os boxes e acabou atrapalhado por um problema incomum na hora da troca de pneus. A pistola pneumática que encaixou o composto na roda esquerda do seu carro falhou e atrasou o pit stop, e ele só conseguiu retornar para a pista em 12º lugar.

Nicholas Kamm/AFP
Massa acabou o GP do Canadá na 12.ª colocação

Assim, ele precisou começar uma nova corrida de recuperação, sendo que chegou a liderar a prova em certo momento, antes de ser chamado aos boxes para uma nova parada. "Sinceramente, eu fui o mais rápido na pista durante a maior parte do tempo. Não com (o pneu) supermacio. Com esse composto, eu tinha um ritmo muito parecido com de Valtteri (Bottas), mas com o macio era incrível. Estava muito, muito rápido. Não fosse o problema no primeiro pit, eu acho que poderia ter ficado à frente de Daniel Ricciardo", afirmou o brasileiro, em entrevista ao site da Autosport, ao se referir ao piloto da Red Bull que acabou ficando com a vitória no GP do Canadá.

O acidente na última volta da corrida acabou sendo muito duro para Massa, pois ele vinha tendo ótimo desempenho antes de acertar Pérez por trás e bater com violência na barreira de pneus. Após a prova, o mexicano foi punido com a perda de cinco posições no grid de largada do GP da Áustria, próxima prova do campeonato, por ter sido considerado culpado pelo acidente pelos comissários da prova. Imagens deixaram claro que o piloto da Force India mudou a trajetória do seu carro de forma abrupta quando o brasileiro tentava ultrapassá-lo.

"Foi uma grande oportunidade perdida. Perdemos um monte de pontos. Tínhamos um grande carro e não havia nenhum problema. Estou muito decepcionado porque teria sido uma corrida fantástica", disse Massa, revelando ainda que não sabia que Lewis Hamilton havia abandonado a prova e que de fato estava lutando pela vitória em certo momento da corrida. Ele pensava estar na briga apenas por um lugar no pódio.

"Não estava pensando na vitória. Eu não conseguia ver a Mercedes e não sabia que Lewis havia deixado a prova, então pensava que a briga era pelo pódio. A equipe (Williams) não me disse nada sobre os problemas da Mercedes. Essa pista foi muito boa para nós e por isso a perda foi grande, porque era possível vencer", insistiu.