Massa não vai deixar a Sauber

O empresário de Felipe Massa, Ricardo Tedeschi, desmentiu hoje os rumores que ganharam força na Europa e até no Brasil de que Heinz-Harald Frentzen, que hoje rescindiu seu contrato com a Arrows, irá substituir o piloto brasileiro na equipe Sauber já na próxima etapa do Mundial, dia 18 na Hungria. "Eu acho impossível. Não há contratualmente uma válvula de escape para isso. Temos contrato até o fim do campeonato", afirmou Tedeschi. Em Londrina, onde está na fazenda de um amigo, Massa respondeu: "Estou tranquilo, tenho mostrado o meu trabalho na pista." Segundo Tedeschi, a história surgiu depois de uma reportagem publicada pelo semanário suíço Autosport Aktuell e em seguida divulgada por vários sites ingleses. "Na hora de traduzir do alemão para o inglês omitiram a parte em que Peter Sauber (sócio da escuderia) cita o desgaste desnecessário que seria para o time a troca de Massa por Frentzen." Em 12 etapas disputadas até agora, o brasileiro, em seu primeiro ano na Fórmula 1, marcou pontos três vezes. "Para quem estréia no Mundial, estou contente com o saldo do meu trabalho", disse Massa. Três são os mais prováveis candidatos à vaga de Frentzem na Arrows: o francês Sebastien Bourdais, atual líder da Fórmula 3000, que já fez um teste com a equipe, Tomas Enge, vice-líder da Fórmula 3000, e Jos Verstappen, para quem a Arrows deve mais de US$ 2 milhões, por ter rescindido seu contrato ano passado. Já o caminho mais provável de Frentzen, em 2003, será o de ser companheiro de Giancarlo Fisichella na Jordan-Ford, embora nada tenha sido acertado ainda. Ferrari - A escuderia de Maranello quebrou hoje sua quase invencibilidade este ano. O Tribunal de Justiça de Mannheim, Alemanha, não aceitou a ação da Ferrari contra um joalheiro que produziu em um pingente a figura do cavalo em pé, como o símbolo da equipe. Os italianos alegavam uso indevido da marca. Perderam finalmente, ainda que fora das pistas.

Agencia Estado,

02 Agosto 2002 | 18h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.