1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Melhor do dia, Hamilton ainda pede evolução no carro no GP do Canadá

Piloto inglês, da Mercedes, está focado na pole positon em Montreal, que será disputada no treino de classificação

A Mercedes venceu as seis etapas já disputadas na temporada da Fórmula 1 e dominou os treinos livres do GP do Canadá, nesta sexta-feira, em Montreal. Mas o piloto inglês Lewis Hamilton, justamente o mais rápido do dia, ainda não está completamente satisfeito. Segundo ele, o carro da equipe alemã ainda precisa de evolução para a disputa da sessão de classificação, que acontece neste sábado, e a corrida, no domingo.

"Foi uma boa performance, mas ainda temos que evoluir. A gente está sempre tentando chegar ao limite, e não estamos aonde gostaríamos de estar", avaliou Hamilton, após fazer 1min16s118 na segunda sessão de sexta-feira e terminar com o melhor tempo do dia. "A Ferrari estava muito perto da gente e o restante do grid também parecia estar mais perto."

Hamilton também lembrou da importância do treino de classificação deste sábado, principalmente na disputa interna com seu companheiro de equipe, o alemão Nico Rosberg, que fez o segundo melhor tempo desta sexta-feira (1min16s293). "É muito difícil ultrapassar aqui. Então, a pole position é importante", avisou o inglês, que está em segundo lugar no campeonato, apenas quatro pontos atrás do outro piloto da Mercedes (122 a 118).

Mercedes liderou treinos desta sexta-feira
Mercedes liderou treinos desta sexta-feira

Rosberg, por sua vez, disse ter ficado "muito confortável" no carro durante os treinos de sexta-feira, ressaltando que estava "feliz" com sua performance. "Mas ainda estou atrás do tempo mais rápido (conseguido por Hamilton), então tenho que trabalhar duro com os engenheiros para melhorar o acerto", disse o alemão.