Muitos acidentes no treino da Renault

O circuito de rua de Vitória mostrou hoje (24) que, além da emoção, os pilotos terão de conviver com o perigo iminente das batidas, durante a sexta etapa da Fórmula Renault, que largada prevista para às 14h35 deste domingo. As colisões foram uma constante nos treinos, encerrados quando faltavam nove minutos para seu término, após o paulista Allam Khodair, que ficou com a pole position (1min05s730), bater seu carro violentamente nas proteções laterais. Khodair perdeu o controle do carro depois de passar sobre uma mancha de óleo, resultante da batida do líder do campeonato Lucas Di Grassi, que vai largar em 21º lugar. "A primeira vez que passei sobre a mancha senti que a cal que jogaram em cima do óleo estava saindo. Ao passar novamente, não tinha mais nada, além do óleo, e acabei batendo", contou o piloto, que não sofreu nada grave. A segunda colocação ficou com o vice-líder na tabela de classificação, Sergio Jimenez, ao fazer 1min06s059, da Bassani Rancing. Em terceiro, larga Carlos Domingos, da RS2, com 1min06s165. Seguido por Marcos Gomes, da Gramacho Racing (1min06s209); Danilo Gonzaga, da Medina Motorsport (1min06s557); e Pedro Araujo, da Vogel Motorsport (1min06s562). Copa Clio - Por causa do atraso nos treinos da Fórmula Renault, que foram encerrados no início da noite deste sábado, a definição do grid de largada da Copa Clio ficou para domingo, às 8h. A largada está prevista para às 13h.

Agencia Estado,

24 Agosto 2002 | 19h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.