Mohd Rasfan / AFP
Mohd Rasfan / AFP

Na luta para evitar título de Márquez, Dovizioso lidera dia da MotoGP na Malásia

Italiano torce para que espanhol não chegue em segundo lugar na próxima corrida

Estadão Conteúdo

27 Outubro 2017 | 10h14

Andrea Dovizioso mostrou nesta sexta-feira que não pretende facilitar a vida de Marc Márquez na luta pelo título do campeonato da MotoGP. O italiano da Ducati liderou os dois treinos livres da etapa da Malásia, a penúltima da temporada 2017, começando o fim de semana na frente no Circuito Internacional de Sepang.

+ Márquez vence na Austrália e fica próximo de mais um título da MotoGP

+ Dovizioso ganha na última volta da etapa do Japão e acirra disputa na MotoGP

No último domingo, Dovizioso foi apenas o 13º colocado na etapa da Austrália e viu Márquez vencer a prova em Phillip Island, abrindo uma vantagem de 33 pontos - 269 a 236 - na liderança. Isso significa que o espanhol, sem depender de qualquer resultado, poderá ser campeão pela quarta vez da MotoGP já na Malásia, bastando terminar a prova de domingo na segunda posição.

Dovizioso, portanto, não depende apenas de si para impedir a conquista de Márquez, mas até agora fez o máximo que pode para evitá-la. O italiano liderou as duas sessões preparatórias para a corrida nesta sexta-feira, sendo que a primeira foi realizada com a pista seca, enquanto a segunda ocorreu sob chuva.

O retrospecto também aumenta as esperanças de Dovizioso, pois no ano passado ele venceu a etapa malaia. E o seu melhor tempo nesta sexta-feira, assim como dos outros pilotos, foi registrado no primeiro treino livre, quando marcou 2min00s671 - na segunda sessão, ele cravou 2min11s640. Márquez fechou o dia em quinto lugar na classificação geral, com 2min00s950. Mas o espanhol da Honda foi o segundo mais rápido do segundo treino livre.

Quem mais se aproximou de Dovizioso nas duas sessões foi o espanhol Álvaro Bautista, da Aspar Ducati, o segundo colocado da sexta-feira na Malásia, com 2min00s742. O francês Johann Zarco, da Yamaha Tech 3, ficou na terceira posição, com 2min00s807, e o espanhol Maverick Viñales, da Yamaha, foi o quarto, com 2min00s903.

A relação dos dez primeiros colocados dos treinos livres de sexta-feira na Malásia foi completada, em ordem, pelo britânico Cal Crutchlow, da LCR Honda, pelo checo Karel Abraham, da Aspar Ducati, e pelos espanhóis Hector Barbera, da Avintia Ducati, Dani Pedrosa, da Honda, e Jorge Lorenzo, da Ducati. Já o italiano Valentino Rossi, da Yamaha, teve desempenho discreto nos treinos livres e fechou o dia em uma modesta 12ª colocação.

As atividades no Circuito Internacional de Sepang serão retomadas neste sábado, com a realização da sessão classificatória às 4h10 (horário de Brasília). A largada para a etapa da Malásia da MotoGP será às 5 horas do domingo.

Mais conteúdo sobre:
Motociclismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.