1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Nico Rosberg crava pole, Vettel sai em 2º e Massa larga em 15º

Agência Estado

05 Julho 2014 | 11h 13

Assim como Bottas, Alonso e Raikkonen, brasileiro não consegue uma boa marca, mas sobe de posição após Maldonado ser punido

Atualizado às 17h15

Líder do Mundial de Fórmula 1, Nico Rosberg conquistou a pole do GP da Inglaterra, neste sábado, ao cravar o tempo de 1min35s766 no finalzinho do treino de classificação realizado no circuito de Silverstone. O piloto da Mercedes assim mais uma vez se colocou como favorito a uma nova vitória na temporada, até pelo fato de que seu companheiro de equipe e rival direto pelo título, o inglês Lewis Hamilton, largará apenas do sexto lugar ao cronometrar 1min39s232. Felipe Massa herdou uma posição - largará em 15º - após Pastor Maldonado ser punido por uso irregular de combustível.

Já o alemão Sebastian Vettel mostrou força com a Red Bull no treino realizado sob chuva na maior parte do tempo. Ele garantiu a segunda posição ao marcar 1min37s386, enquanto a terceira colocação foi obtida pelo inglês Jenson Button, da McLaren, com 1min38s200.

Tom Gandolfini/AFP
Massa larga na 16.ª colocação

Logo à frente de Hamilton ficaram o alemão Nico Hülkenberg, da Force India (1min38s329), e o dinamarquês Kevin Magnussen, da McLaren (1min38s417), respectivos quarto e quinto colocados. O mexicano Sergio Pérez (Force India), o australiano Daniel Ricciardo (Red Bull), o russo Daniil Kvyat (Toro Rosso) e o francês Jean-Eric Vergne (Toro Rosso) completaram, nesta ordem, os dez primeiros colocados do grid.

DECEPÇÕES

A primeira parte do treino deste sábado foi desastrosa para Ferrari e Williams. As equipes acabaram adotando uma estratégia errada ao irem para pista com pneus slicks. Começou a chover e assim Felipe Massa, Valtteri Bottas, Fernando Alonso e Kimi Raikkonen não conseguiram registrar voltas mais rápidas e simplesmente ficaram fora do grupo dos 16 primeiros colocados que avançaram ao Q2 (segundo estágio da sessão classificatória), sendo eliminados já no Q1.

O finlandês da equipe inglesa foi o 17º, seguido pelo brasileiro (18º), pelo espanhol (19º) e pelo finlandês da Ferrari, o 20º. Os três primeiros deste grupo, porém, ganharam duas posições cada um no grid por causa de punições aplicadas ao inglês Max Chilton, da Marussia, e ao mexicano Esteban Gutierrez, da Sauber. Já Raikkonen ganhou uma e sairá logo atrás de Chilton, que na pista foi o 13º antes de ser penalizado.

Sebastian Vettel, que horas mais cedo foi o mais rápido no terceiro e último treino livre do GP da Inglaterra, acabou abrindo os trabalhos fechando o Q1 na liderança, seguindo pelo seu companheiro de Red Bull, Daniel Ricciardo.

A chuva, por sinal, trouxe grandes surpresas. Chilton, da nanica Marussia, foi o terceiro colocado deste Q1, logo à frente de Rosberg. Já Hamilton sofreu para passar ao Q2 ao conseguir apenas o 15º tempo.

A partir do Q2, porém, Hamilton conseguiu recuperar o seu ritmo normal e garantiu a liderança desta segunda parte do treino ao cravar 1min34s870, enquanto Rosberg foi o segundo ao cronometrar 1min35s179. Atrás da dupla, Vettel obteve o terceiro lugar e desta vez foi seguido de perto pelo inglês Jenson Button, da McLaren, o quarto.

Na última parte do treino, entretanto, Rosberg voltou a brilhar ao garantir a pole, a sua quarta nesta temporada. O GP da Inglaterra terá largada às 9 horas (de Brasília) deste domingo, com transmissão ao vivo pela TV Globo.

Confira o grid de largada do GP da Inglaterra:

1) Nico Rosberg (ALE/Mercedes), 1min35s766

2) Sebastian Vettel (ALE/Red Bull), 1min37s386

3) Jenson Button (ING/McLaren), 1min38s200

4) Nico Hülkenberg (ALE/Force India), 1min38s329

5) Kevin Magnussen (DIN/McLaren), 1min38s417

6) Lewis Hamilton (ING/Mercedes), 1min39s232

7) Sergio Pérez (MEX/Force India), 1min40s457

8) Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull), 1min40s606

9) Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso), 1min40s707

10) Jean-Eric Vergne (FRA/Toro Rosso), 1min40s855

---------------------------------------------------

11) Romain Grosjean (FRA/Lotus), 1min38s496

12) Jules Bianchi (FRA/Marussia), 1min38s709

13) Adrian Sutil (ALE/Sauber), sem tempo

14) Valtteri Bottas (FIN/Williams), 1min45s318

15) Felipe Massa (BRA/Williams), 1min45s695

----------------------------------------------------

16) Fernando Alonso (ESP/Ferrari), 1min45s935

17) Max Chilton* (ING/Marussia), 1min39s800

18) Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari), 1min46s684

19) Marcus Ericsson (SUE/Caterham), 1min49s421

 

20) Pastor Maldonado** (VEN/Lotus), 1min44s018 

21) Kamui Kobayashi (JAP/Caterham), 1min49s625

22) Esteban Gutierrez*** (MEX/Sauber), 1min40s912

(*) Punido com a perda de cinco posições por causa da troca de câmbio.

(**) Punido O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://esportes.estadao.com.br/noticias/velocidade,maldonado-e-punido-e-massa-largara-da-15-posicao,1524161com a perda de cinco posições por irregularidade no uso de combustível.

(***) Punido com a perda de dez posições por irregularidade na etapa passada do Mundial.