1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Nico Rosberg diz que 'aprendeu muito' com conflito na Hungria

Estadão Conteúdo

21 Agosto 2014 | 15h 53

Piloto alemão revela que Mercedes promoveu uma reunião com ele e Lewis Hamilton, no entanto, preferiu não dar detalhes do encontro

Líder do Mundial de Fórmula 1, Nico Rosberg deverá travar mais uma árdua batalha com Lewis Hamilton, seu companheiro de Mercedes, no GP da Bélgica, marcado para acontecer neste domingo. E nesta quinta-feira, em entrevista coletiva no circuito de Spa-Francorchamps, o piloto alemão acabou exibindo certo desconforto ao falar sobre o conflito que teve com o inglês no GP da Hungria, a etapa passada do campeonato, realizada em 27 de julho.

Embora a polêmica tenha esfriado durante as férias de versão da categoria, que estão sendo interrompidas pela prova em solo belga, Rosberg revelou que a Mercedes promoveu uma reunião com os dois titulares da equipe para tratar do ocorrido em Budapeste. Na ocasião, o britânico acabou se recusando a obedecer uma ordem que recebeu pelo rádio de abrir passagem para seu companheiro de equipe, em decisão polêmica que se tornou determinante para que o alemão não conseguisse lutar pela vitória.

No fim, Hamilton ficou em terceiro lugar e Rosberg terminou logo atrás, enquanto o topo do pódio acabou sendo assegurado pelo australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull, e a segunda posição foi conquistada pelo espanhol Fernando Alonso, da Ferrari.

Valdrin Xhema/EFE
Rosberg é um dos favoritos a vencer GP da Bélgica

E, ao ser questionado sobre o teor da reunião promovida pela Mercedes, o alemão preferiu não colocar mais lenha na fogueira e não fomentar a inevitável rivalidade com Hamilton na luta pelo título - os dois hoje estão separados por apenas 11 pontos.

"Percebi que houve um pouco de confusão depois da Hungria, então é melhor eu não adicionar muito mais coisa do que eu penso sobre isso e seguir sem dar muitos detalhes. No geral, é claro que nós discutimos isso (o conflito) depois da corrida - apenas porque é importante revisar uma situação como essa e saber como seguir em frente", disse o piloto, para depois admitir que o episódio serviu como uma lição para esta segunda metade da temporada. "Agora nós estamos seguindo em frente, mas é claro que eu também aprendi muitas coisas com aquela corrida e vou tentar me adaptar a isso no futuro", completou.