1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Petrobras fornecerá combustíveis para Williams na Fórmula 1

Vinicius Neder e Silvio Barsetti - O Estado de S. Paulo

18 Fevereiro 2014 | 11h 57

Segundo nota empresa, a companhia e a equipe trabalharão em conjunto para desenvolver também lubrificantes

RIO - A Petrobras assinou nesta terça-feira, no Rio, um contrato de parceria tecnológica para fornecer combustíveis para a equipe Williams na Fórmula 1. Segundo nota da Petrobras, a companhia e a equipe Williams trabalharão em conjunto para desenvolver combustíveis e lubrificantes.

De 1998 a 2008, a Petrobras forneceu combustíveis para a Williams, mas rompeu o contrato em 2009. "Durante esse tempo longe, parte do vazio preenchemos com o patrocínio do GP do Brasil, mas a Petrobras gosta de operar, participar, servir", afirmou a presidente da Petrobras, Graça Foster, na sede da companhia, no Rio, em cerimônia de assinatura do contrato com a Williams.

"Participar dessa competição é um desafio enorme, pois nos obriga a estar cada vez mais preparados para os mais altos padrões de qualidade e eficiência que a categoria exige. Estamos muito empolgados para dar início a mais esse desafio", completou a presidente da Petrobras.

Fundador e dirigente da equipe Williams, Frank Williams destacou que a volta da parceria entre a escuderia e a Petrobras se dá em um momento de mudanças impactantes no regulamento técnico da Fórmula 1. "A Petrobras e a Williams já tiveram uma parceria bem sucedida no passado, e estamos todos ansiosos para nos unir novamente em 2014. Eles são muito competentes em tecnologia e isso será importante para a equipe, visto que a nova regulamentação tornou a eficiência do combustível ainda mais importante", disse.

Em 2014, a Williams terá o brasileiro Felipe Massa, contratado após passagem pela Ferrari, e o finlandês Valtteri Bottas como seus pilotos. A equipe tentará se recuperar do péssimo campeonato do ano passado, quando não subiu ao pódio sequer uma vez e ficou apenas na nona colocação no Mundial de Construtores.

Após o período inicial de treinos da pré-temporada no circuito de Jerez de la Frontera, na Espanha, os pilotos voltam a se reunir a partir desta quarta-feira para quatro dias de testes coletivos no Bahrein, no circuito de Sakhir. O campeonato será aberto no dia 16 de março, no circuito de Melbourne, com a realização do GP da Austrália.