Rivais podem protestar Ferrari

Patrick Head, diretor-técnico da Williams, e Ron Dennis, diretor-geral e sócio da McLaren, estavam loucos da vida, nesta sexta-feira, no fim da tarde, quando souberam que a Ferrari tinha 10 jogos de pneus para Michael Schumacher, como manda a regra, mas 10 jogos para cada carro, o titular, F2002, e o reserva, F2001B. A roda do modelo F2002 é milímetros mais larga que a do F2001B e não é possível transferi-las de um carro para outro, apesar dos pneus serem os mesmos. Com isso, a Ferrari e a Bridgestone montaram 10 jogos de pneus para o F2002 e outros 10 para o F2001B, seu carro reserva disponível para o alemãao em Interlagos. Não há tempo para a Bridgestone retirar os pneus das rodas do F2002 e montá-los nas rodas dos F2001B durante a sessão de classificação, neste sábado, ou domingo, se a corrida for interrompida e os pilotos puderem usar o carro reserva. Por esse motivo, a Ferrari e a Bridgestone montaram os 10 jogos a que têm direito, mas para cada modelo, o que está sendo contestado. O artigo 39 do regulamento esportivo da Fórmula 1 é bastante claro: cada piloto tem direito a 10 jogos de pneus por grande prêmio. O texto não diz 10 jogos de pneus por carro. Claro que ninguém dentro das equipes fala no assunto, tampouco o delegado técnico da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), Joe Bauer, ou o diretor de corrida, Charlie Whiting. Até o início da noite desta sexta-feira não havia ainda uma solução para o impasse. Head, Dennis e os dirigentes da Michelin, marca dos pneus da Williams e da McLaren, irão protestar oficialmente neste sábado na classificação, se Schumacher utilizar o carro reserva, F2001B, equipado com rodas do jogo extra. Se Whiting aceitar o que, por enquanto, é apenas uma advertência de Head e Dennis, Schumacher terá de iniciar o sábado com o carro velho, F2001B, e usá-lo tanto na classificação como na corrida, domingo. E nesse caso, tanto Schumacher quanto Rubens Barrichello acabariam utilizando o mesmo modelo, F2001B. Se optar pelo novo, o alemão ficará sem carro reserva.

Agencia Estado,

29 Março 2002 | 22h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.