David Vincent/AP
David Vincent/AP

Rossi cai na última volta, Viñales vence e assume a ponta da temporada na MotoGP

Piloto italiano havia ultrapassado o espanhol e liderava até sofrer queda e dar vitória de graça para o adversário

Estadão Conteúdo

21 Maio 2017 | 10h38

Em mais uma prova emocionante da MotoGP, o espanhol Maverick Viñales venceu a etapa da França neste domingo, em Le Mans, e assumiu a ponta da temporada. O triunfo do jovem piloto só foi possível graças a uma ultrapassagem na última volta sobre o multicampeão Valentino Rossi, que ainda caiu a poucos metros da linha de chegada e precisou abandonar.

Não bastasse o triunfo, Viñales pôde celebrar o abandono de seu principal corrente na luta pelo título neste momento. O espanhol chegou à liderança do Mundial com 85 pontos, enquanto Rossi, que tinha a ponta, perdeu a chance de pontuar e caiu para a terceira colocação, mantendo-se com 62. Dani Pedrosa, que foi o terceiro neste domingo, é o vice-líder da temporada, com 68 pontos, dez à frente de Marc Márquez, o quarto.

A prova deste domingo se tornou ainda mais significativa porque teve uma disputa direta entre os três principais candidatos ao título da temporada. E se Marc Márquez e Valentino Rossi sofreram quedas ao longo da prova, Viñales aproveitou para arrancar e confirmar o triunfo.

O espanhol largou na ponta neste domingo, mas foi rapidamente ultrapassado pela surpresa do fim de semana, o francês Johann Zarco. A diferença, no entanto, era mínima e em certo momento os pilotos praticamente dividiam a liderança, ao lado também de Rossi e Márquez.

Aos poucos, a superioridade de Viñales falou mais alto e ele tomou a dianteira, mas não conseguiu se desgarrar de seus concorrentes. Na busca pela volta mais rápida, então, Marc Márquez sofreu uma dura queda quando tentava ganhar a dianteira e precisou abandonar.

Sem o atual campeão, a briga parecia se resumir a Viñales e Rossi. O espanhol seguia na frente, mas com vantagem mínima para o veterano adversário, que esperava apenas uma brecha para assumir a ponta.

E ela veio a três voltas para o fim. Em uma das retas do circuito, Rossi colocou a moto de lado e ultrapassou Viñales, no que parecia ser a manobra definitiva que garantiria o triunfo ao italiano.

Só que até o multicampeão é passível de erros. Na última volta, Rossi falhou em uma das curvas e foi ultrapassado por Viñales. Para tentar recuperar a ponta, o italiano forçou demais e aí cometeu um erro fatal. A poucos metros para a linha de chegada, ele caiu e precisou abandonar a prova. A vitória, então, ficou nas mãos do espanhol.

Viñales, no entanto, não foi o único destaque da prova. O anfitrião Johann Zarco confirmou-se como surpresa do fim de semana e subiu ao pódio na segunda colocação. A terceira posição ficou com o espanhol Dani Pedrosa, que superou o péssimo treino de classificação e a largada no 13.º lugar com uma incrível prova de recuperação.

O calendário da temporada 2017 da MotoGP volta à ativa em duas semanas. No dia 4 de junho, os pilotos estarão novamente em ação na etapa da Itália, a sexta do ano, que será disputada em Mugello.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.