Schumacher escapa de ?saia justa?

Algumas respostas de Michael Schumacher, nesta quinta-feira, em Sepang, sobre temas bem específicos: "Você não acha que um único piloto dominar tanto a F-1 é prejudicial?" O alemão: "Não me importo nem um pouco com isso." Sobre a relação com Rubens Barrichello: "Depois da corrida na Áustria, ano passado, ele entendeu melhor a filosofia da equipe e nos tornamos mais próximos." Na corrida, Barrichello deu passagem a Schumacher a poucos metros da linha de chegada, a fim de o companheiro terminar em segundo e ele em terceiro. Rubens Barrichello afirmou na entrevista coletiva, nesta quinta-feira: "O dia que eu acordar e achar que não posso ser campeão do mundo estará então na hora de parar de correr. Acho que isso está longe de acontecer e quando for a hora penso que irei decidir de um instante para o outro."

Agencia Estado,

14 Março 2002 | 14h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.