Paul Crock/AFP
Paul Crock/AFP

Sem sofrer ameaça, Hamilton fatura pole na Austrália; Massa é 3º

Brasileiro Felipe Nasr, estreante na Fórmula 1, larga em 11º

Estadão Conteúdo

14 Março 2015 | 07h25

A temporada 2015 da Fórmula 1 vai começar da mesma forma que terminou o campeonato passado: com Lewis Hamilton na frente. Campeão do mundo e vencedor da última prova do ano, o inglês terá a chance de repetir a dose no GP da Austrália, neste domingo, ao largar na pole position. Seu companheiro de Mercedes, o alemão Nico Rosberg, vai sair em segundo e o brasileiro Felipe Massa parte do terceiro posto. Felipe Nasr é o 11º do grid.

Hamilton obteve sua quarta pole em Melbourne praticamente sem ser ameaçado no treino classificatório deste sábado. O atual campeão foi o mais veloz nas três sessões do treino e não deu chances a Rosberg. Foi pouco mais de meio segundo mais rápido que o companheiro alemão, que vinha apresentando bom rendimento nos treinos livres e foi destaque na pré-temporada.

Com amplo domínio, os dois carros da Mercedes exibiam flagrante superioridade durante toda a atividade. A dupla era ao menos um segundo mais rápida que os demais. Felipe Massa e o alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, eram quem mais se aproximavam dos pilotos da Mercedes.

O brasileiro foi mais rápido no Q1, sendo superado pelos carros da Ferrari e pelo companheiro de Williams, o finlandês Valtteri Bottas, no Q2. Mas na última e decisiva sessão Massa registrou grande volta, superando Vettel, o finlandês Kimi Raikkonen e Bottas.

Felipe Nasr também apresentou bom rendimento, apesar das limitações da Sauber e da ausência no primeiro treino livre do GP, na sexta-feira. Ele se destacou no Q1 e quase surpreendeu na sessão seguinte. Somente nos instantes finais do Q2 perdeu a vaga que garantiria sua presença na briga pela pole, no Q3.

Nasr e o sueco Marcus Ericsson, seu companheiro na Sauber, entraram na pista neste sábado aliviados pelo fim do imbróglio judicial entre a equipe e o holandês Giedo Van der Garde. O piloto, que cobrava um lugar na equipe nesta temporada, fez um acordo financeiro com a diretoria da Sauber e desistiu de correr na Austrália.

Assim, Nasr pôde mostrar seu potencial no Circuito de Albert Park sem qualquer preocupação. Ele foi dois segundos e meio mais rápido que Ericsson, que não passou do 16º lugar no grid. O brasileiro vai largar logo à frente do holandês Max Verstappen, que se tornará o piloto mais jovem a disputar uma prova da F1, no domingo. O piloto da Toro Rosso tem apenas 17 anos.

A decepção do dia ficou por conta da McLaren. O inglês Jenson Button e o dinamarquês Kevin Magnussen, substituto de Fernando Alonso na Austrália, tiveram fraco rendimento e não conseguiram passar do Q3. A dupla vai largar nas últimas colocações do grid, na 17ª e 18ª colocação, respectivamente.

O grid terá apenas 18 carros em Melbourne porque a Marussia, apesar dos seus esforços, não conseguiu colocar seus dois carros na pista neste sábado. Desta forma, o britânico Will Stevens e o espanhol Roberto Merhi não poderão estrear na F1 neste fim de semana.

Por ter confirmado tardiamente sua presença no Mundial deste ano, após desistir da categoria no fim do ano passado, a Marussia perdeu tempo na preparação do seu carro e ficou de fora das três baterias de testes da pré-temporada. Agora, espera fazer seu retorno na próxima etapa do campeonato, na Malásia, no dia 29.

A primeira corrida da temporada 2015 tem largada marcada para as 2 horas da manhã deste domingo (horário de Brasília), em Melbourne.

Confira o grid de largada para o GP da Austrália:

1º - Lewis Hamilton (ING/Mercedes), 1min26s327

2º - Nico Rosberg (ALE/Mercedes), 1min26s921

3º - Felipe Massa (BRA/Williams), 1min27s718

4º - Sebastian Vettel (ALE/Ferrari), 1min27s757

5º - Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari), 1min27s790

6º - Valtteri Bottas (FIN/Williams), 1min28s087

7º - Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull), 1min28s329

8º - Carlos Sainz Jr (ESP/Toro Rosso), 1min28s510

9º - Romain Grosjean (FRA/Lotus), 1min28s560

10º - Pastor Maldonado (VEN/Lotus), 1min29s480

11º - Felipe Nasr (BRA/Sauber), 1min28s800

12º - Max Verstappen (HOL/Toro Rosso), 1min28s868

13º - Daniil Kvyat (RUS/Red Bull), 1min29s070

14º - Nico Hülkenberg (ALE/Force India), 1min29s208

15º - Sergio Pérez (MEX/Force India), 1min29s209

16º - Marcus Ericsson (SUE/Sauber), 1min31s376

17º - Jenson Button (ING/McLaren), 1min31s422

18º - Kevin Magnussen (DIN/McLaren), 1min32s037

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.