Rebecca Blackwell/ AP
Rebecca Blackwell/ AP

Vettel lamenta 4º lugar na corrida e parabeniza Hamilton pelo tetracampeonato

Chances de título para o Alemão terminaram neste domingo, quando o piloto da Mercedes se sagrou campeão

Estadao Conteudo

29 Outubro 2017 | 22h02

O alemão Sebastian Vettel chegou ao GP do México, realizado neste domingo, com poucas chances de impedir o tetracampeonato de Lewis Hamilton. No entanto, a esperança do piloto da Ferrari de chegar ao Brasil, local da próxima etapa, com alguma chance de título terminaram e o inglês da Mercedes se sagrou campeão pela quarta vez na Fórmula 1, no Autódromo Hermanos Rodríguez, na Cidade do México.

+ Após largada confusa, Hamilton chega em nono no México e é tetra na Fórmula 1

+ Leia mais sobre esportes

Vettel precisava da vitória no México, ou ficar na segunda colocação, e torcer para que Hamilton ficasse mal colocado - a sexta ou a 10.ª colocação bastariam, dependendo da posição final do alemão. Mas, mesmo sendo pole position, o piloto da Ferrari precisou fazer uma corrida de recuperação e terminou a prova em quarto. O agora tetracampeão também ficou distante do pódio, em nono lugar.

"É decepcionante (a corrida da forma como se desenhou). Não é tão importante o que fizemos hoje (domingo), é mais importante o que Lewis fez - e ele fez um trabalho incrível durante todo o ano, merece ficar com o título. Parabéns para ele. Não é sobre mais ninguém hoje. É só sobre Hamilton. É o dia dele", afirmou o alemão em entrevista à rede de TV inglesa Sky Sports.

Logo após a largada, Hamilton, que largou em terceiro, e Vettel tiveram que ir para os boxes, já que se tocaram de leve, quando inglês foi para cima do carro da Ferrari. O holandês Max Verstappen, que largou em segundo e foi vencedor da prova, foi para cima do alemão logo que as luzes se apagaram e depois de uma disputa entre os três pilotos, acabou assumindo a liderança.

"Não tenho medo dele (Hamilton). Eu gosto de correr contra ele - e queria ter tido mais disso esse ano. No geral, eles (Mercedes) foram melhores por muito", afirmou o alemão, que cumprimentou pessoalmente o atual campeão e ainda brincou: "Ele empatou comigo, se estiverem contando".

O finlandês Valteri Bottas, da Mercedes, ficou com segunda colocação, e seu compatriota Kimi Raikkonen, da Ferrari, fechou o pódio. Com o título definido, a próxima parada da Fórmula 1 será no Brasil, em Interlagos, no dia 12 de novembro. A última etapa será Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, no próximo dia 26.

Mais conteúdo sobre:
Sebastian Vettel Hamilton Lewis Hamilton

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.