1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Will Power fatura título inédito e Kanaan vence etapa final da Indy

Estadão Conteúdo

31 Agosto 2014 | 10h 08

Australiano é campeão após três vice-campeonatos consecutivos entre 2010 e 2012; Kanaan conquista primeira vitória na Ganassi

Hélio Castroneves era o único piloto brasileiro com chances de conquistar o título da temporada 2014 da Fórmula Indy na prova final do campeonato, mas quem sorriu ao término da etapa de Fontana foi Tony Kanaan. Afinal, o baiano da equipe Ganassi venceu a prova de 500 milhas, disputada em um circuito oval, na noite de sábado, festejando o seu único triunfo em 2014.

O título da temporada ficou com o australiano Will Power, que chegou para a prova em Fontana com uma confortável liderança e a manteve ao concluir a corrida em Fontana, que deu pontuação dobrada aos pilotos, na nona colocação após largar apenas do 21º lugar. O resultado foi suficiente para lhe render a conquista, superando as decepções das temporadas 2010, 2011 e 2012, quando foi o vice-campeão.

Power não fez uma corrida brilhante em Fontana, mesmo que tenha liderado uma pequena parte da prova, entre as voltas 189 e 196. E na parte final, o australiano sofreu com uma queda rendimento, mas conseguiu assegurar o título com a nona colocação e o também o resultado ruim de Helinho.

Robert Laberge/AFP
Power supera adversários e fatura título após três vices

No seu último pit stop, na volta 217 - a prova teve 250 -, o brasileiro ultrapassou a linha delimitada e recebeu um drive-through. Naquele momento, Helinho ocupava a quarta posição na corrida. Mas com o problema, ele concluiu a etapa de Fontana da Indy apenas na 14ª colocação.

Outro piloto concorrente ao título, o francês Simon Pagenaud teve uma prova para esquecer em Fontana. O piloto da equipe Schmidt Peterson sofreu com problemas no seu carro durante a corrida, parou nos boxes diversas vezes nos boxes para tentar resolvê-los e ficou apenas em 20º lugar.

Já Kanaan enfim comemorou uma vitória pela Ganassi. Sempre entre as primeiras posições da prova, o brasileiro assumiu a liderança na 197ª volta, após a única bandeira amarela da corrida em Fontana, e não a largou mais, para assegurar a sua vitória.

No pódio, Kanaan foi acompanhado pelo neozelandês Scott Dixon, seu companheiro na Ganassi, que ficou em segundo lugar, e pelo norte-americano Ed Carpenter. O colombiano Juan Pablo Montoya terminou na quarta colocação, o canadense James Hinchcliffe foi o quinto, seguido do japonês Takuma Sato, do australiano Ryan Briscoe, do colombiano Carlos Muñoz, de Power e do norte-americano Josef Newgarden, que completou a lista dos dez primeiros colocados.

A festa, evidentemente, foi toda de Power. "Isso são 15 anos de trabalho duro", disse. "Comecei a levar a sério em 2000 e tem 15 anos de trabalho duro. É surreal, cara. Eu não posso acreditar", celebrou. "Essa foi uma das corridas mais difíceis de todos os tempos", acrescentou. "Eu estou completamente esgotado nesse momento".

Já Helinho lamentou por seguir sem ter um título da Indy na sua carreira, mas prometeu lutar ainda mais para ser campeão em 2015. "Dói um pouco, mas isso é o que me motiva. É bom ficar chateado quando você termina em segundo em um campeonato. Isso me dá outro motivo para voltar mais forte no próximo ano e consertar o que nós podemos consertar para ganhar um campeonato", afirmou.

Com o resultado da etapa de Fontana, Power foi campeão com 671 pontos, seguido por Helinho, com 609, e Dixon, com 604. Pagenaud, que chegou para a prova com chances de ser campeão, terminou apenas em quinto lugar, com 565 pontos, atrás de Montoya, o quarto, com 586. Já Kanaan foi o sétimo colocado com 544 pontos.

Robert Laberge/AFP
Kanaan conquista primeira vitória na equipe durante segunda prova de Fontana