1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Bernardinho admite 'situação difícil' do Brasil na Liga Mundial

Agência Estado

02 Julho 2014 | 17h 45

Por causa de resultado de rivais, seleção ainda tem chance de ir à fase final. Na sexta e no domingo, enfrenta a Itália, fora de casa

A seleção brasileira masculina de vôlei contou com a sorte e, graças a resultados favoráveis dos rivais, manteve as chances de avançar à fase final da Liga Mundial. O técnico Bernardinho, no entanto, admite que o time ainda está em "situação difícil", porque precisa vencer seus dois próximos jogos, contra a Itália, fora de casa, e sem perder sets.

"A fase continua difícil. Nós jogamos fora e contra a Itália", destaca o treinador, que precisa de duas vitórias por 3 sets a 0 para assegurar a classificação sem depender dos rivais. Bernardinho, porém, já faz cálculos caso não consiga alcançar esta meta. "A Polônia faz dois jogos em casa, contra um adversário teoricamente menos forte", diz, preocupado.

Divulgação
Bernardinho diz que Brasil tem mostrado evolução

Na sua avaliação, a seleção vem mostrando evolução e a situação complicada na fase se deve ao começo lento. "O trabalho não rendeu no início, o time esteve abaixo de uma forma geral, com pequenos lampejos de boas atuações, mas não conseguiu ser consistente", pondera.

"Agora, o time está trabalhando melhor, tem treinado muito bem, mas ainda precisa melhorar para o que acreditamos que seja necessário para brigar por um título de Liga Mundial. Dependemos de nós apenas, mas é uma situação difícil, desconfortável, e que, sabemos, faz parte do processo", afirma.