Daniel Augusuto Jr./Ag. Corinthians
Daniel Augusuto Jr./Ag. Corinthians

Corinthians-Guarulhos espera incomodar rivais de grandes orçamentos, diz técnico

Com Serginho como 'parceiro de negócios', Alexandre Stanzione lidera nova equipe de vôlei

Nathalia Garcia, O Estado de S. Paulo

24 Maio 2017 | 07h00

Vice-campeão da Superliga 2016/2017 à frente do Campinas, Alexandre Stanzione será o técnico do Corinthians-Guarulhos. A proposta do novo time de vôlei masculino é fazer uma mescla de jogadores experientes, como Serginho e Sidão, e jovens atletas. 

Confira três perguntas para o treinador do Corinthians-Guarulhos:

Como foi a idealização do projeto em parceria com o Corinthians no vôlei?

A ideia surgiu na época em que eu estava no Banespa, quando tivemos problema com patrocínio. Tive também uma decepção quando o projeto no Campinas foi interrompido no meio. Isso me deixou frustrado com o modelo que se vive no vôlei. Tentei colocar no papel o que acreditava e comecei a conversar com o Corinthians. O clube abraçou e a ideia se concretizou. 

O Zé Roberto iniciou um projeto novo também. Isso serviu de exemplo?

A gente aprende com todas as situações. Pude ver como grandes nomes, como o do Zé, podem alavancar projetos do zero. Sabia que não tinha nome para isso e era importante ter o Serginho como um parceiro de negócios. Com empresas que nos apoiam e acreditaram no projeto, a gente vai tomar um voo diferente do imaginado no início. Já deu uma repercussão grande. 

Com Serginho e Sidão no elenco, já dá para pensar em disputar a Superliga?

A gente tem de transformar o que está no papel em realidade. Mas são pessoas que querem abraçar o projeto, como o Serginho, que diz, aos 41 anos, que está realizando um sonho. A gente tem de aproveitar isso em prol do coletivo. São garotos com potencial e precisam de exposição junto com atletas experientes. A gente espera poder incomodar os times com grandes orçamentos.

Mais conteúdo sobre:
Vôlei Escadinha (vôlei) Corinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.