Agência Corinthians
Agência Corinthians

Emocionado, Serginho diz realizar sonho com a 10 do Corinthians e anuncia Sidão

Líbero revela que o central também fará parte do novo projeto de vôlei

Nathalia Garcia, O Estado de S. Paulo

23 Maio 2017 | 13h08

Com o bicampeão olímpico Serginho, o Corinthians e a Prefeitura de Guarulhos apresentaram nesta terça-feira, no CT Joaquim Grava, um novo time profissional de vôlei masculino: o Corinthians-Guarulhos. Aos 41 anos, o líbero vê a nova parceria como uma retribuição pelo investimento da cidade no início da sua carreira e, emocionado, diz realizar um sonho ao vestir a camisa 10 do time alvinegro.

"É muito difícil para mim, pelo simples fato de jogar no clube do coração. Quero agradecer ao clube por proporcionar alegria para minha família e ao torcedor corintiano. O Corinthians não é só futebol, é uma paixão, religião, uma segunda pele. Realizo um sonho em jogar no meu clube de coração", afirmou.

Serginho não será o único nome de peso do Corinthians-Guarulhos. Durante a apresentação, o líbero revelou que Sidão – campeão mundial e vice-olímpico em Londres-2012 – também integrará o projeto. "Liguei e aceitou na hora, foi rapidinho. Sidão é um dos melhores centrais do mundo, ano passado ele teve uma contusão no ombro, vai começar já. Tem também uma molecada boa, pedras preciosas que a gente trouxe, estão na seleção sub-23, a gente vai lapidar esses moleques", disse.

Comandado pelo técnico Alexandre Stanzione, vice-campeão da Superliga 2016/2017 à frente do Campinas, o Corinthians-Guarulhos será uma mescla de jogadores experientes e atletas jovens. O treinador também destaca que o perfil dos reforços será fundamental na escolha do elenco.

"Atletas que tenham identificação com o clube ou com o modelo de projeto. Não estamos começando o projeto com a casa toda pronta. Isso leva tempo, faz parte do perfil dos atletas construir isso. A gente vai precisar de gente para construir, dar palpite, sugestão. Isso vai fazer um elenco muito forte", destacou.

O time disputará a Copa São Paulo, o Campeonato Paulista e a Taça Ouro, que dá uma vaga ao campeão para a temporada 2017/2018 da Superliga de Vôlei. O início dos treinamentos será no ginásio Arnaldo José Celeste (Ponte Grande) e, a partir de 12 de junho, a equipe terá o ginásio Pascoal Thomeu, o Thomeuzão, como casa. O local passa por uma reforma para atender as exigências da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV).

No início do mês, Serginho anunciou sua despedida do Sesi-SP depois de sete anos. Na última temporada, a equipe paulista foi eliminada nas semifinais da Superliga pelo Taubaté. O líbero também disse adeus à seleção brasileira depois dos Jogos do Rio, em 2016, fechando sua carreira como o maior medalhista olímpico da história do Brasil em esportes coletivos: dois ouros (em Atenas-2014 e na Rio-2016) e duas pratas (Pequim-2008 e Londres-2012).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.