Benoit Tessier/Reuters
Benoit Tessier/Reuters

Estádio em Lille será palco das finais da Liga das Nações Masculina de Vôlei

Etapa decisiva do torneio ocorrerá em um ginásio montado no estádio Pierre-Mauroy

Estadão Conteúdo

07 Fevereiro 2018 | 13h26

A Federação Internacional de Voleibol (FIVB) anunciou nesta quarta-feira que a fase final da versão masculina da recém-criada Liga das Nações será disputada em Lille, na França. Os jogos da etapa decisiva do torneio ocorrerão em um ginásio montado no estádio Pierre-Mauroy.

+ Brasil vai estrear diante do Egito no Mundial de Vôlei Masculino

+ 'Não concordo com a participação da Tifanny na Superliga', diz Tandara

Até 2017, a FIVB organizava a Liga Mundial no naipe masculino e o Grand Prix no feminino. Mas a partir deste ano, a entidade optou por reformular as competições, criando a Liga das Nações. Os torneios serão disputados por 16 seleções, sendo que 12 delas serão participantes fixos, incluindo a seleção brasileira, nos eventos masculino e feminino.

Durante um período de cinco semanas, as seleções vão ser divididas em quatro grupos de quatro times, se enfrentando dentro das chaves. Ao término do período, com 15 jogos disputados por cada equipe, as cinco melhores, além da anfitriã França, vão se classificar para a fase final.

A realização da etapa decisiva em Lille repetirá a estratégia adotada em 2017 na Liga Mundial, que também ocorreu em um estádio, a Arena da Baixada, do Atlético Paranaense. Naquela oportunidade, a França derrotou a seleção brasileira na grande decisão por 3 sets a 2.

Agora, então, a Liga das Nações ocorrerá no Pierre Mauroy, estádio de propriedade do Lille. Quando utilizado como ginásio, o que ocorreu em competições de rúgbi, basquete, handebol e tênis, ele pode receber 30 mil espectadores.

Na Liga Mundial, o Brasil se consagrou como maior vencedor, com nove títulos, em 1993, 2001, 2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2009 e 2010. Agora na Liga das Nações, começará a sua participação em Kraljevo, na Sérvia, em um grupo que também contará com a seleção anfitriã, a Alemanha e a Itália, sendo disputado entre 25 e 27 de maio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.