Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Esportes

Esportes » Giovane Gávio é o novo técnico da seleção brasileira masculina sub-23

Vôlei

Vassilis Psomas|AFP

Esportes

Vôlei

Giovane Gávio é o novo técnico da seleção brasileira masculina sub-23

Ex-jogador comandava a seleção sub-21, por onde foi campeão sul-americano em 2016

0

Estadão Conteudo

16 Março 2017 | 19h58

Bicampeão olímpico, Giovane Gávio anunciou nesta quinta-feira que é o novo técnico da seleção brasileira masculina sub-23. Ele vai substituir Rubinho, que comandava a equipe, mas deixou a Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) após ser preterido na escolha do novo treinador da seleção principal - Renan Dal Zotto foi o escolhido para ocupar o cargo de Bernardinho.

Giovane foi "promovido" porque em 2016 comandou a equipe sub-21, com a qual foi vice-campeão do Sul-Americano. "No ano passado eu tive o privilégio, honra e alegria de trabalhar coma seleção brasileira sub-21. Nós disputamos o Sul-Americano, ficamos em segundo lugar, a Argentina foi a campeã. Agora toda essa reformulação entrou o Renan na adulta, eu fui chamado para assumir a sub-23", revelou o bicampeão olímpico em entrevista ao Sportv.

No comando do time sub-23, Giovane terá seu primeiro desafio no Mundial da categoria, em agosto deste ano, no Egito. "Agora vou comandar jogadores mais preparados, mais prontos e nós vamos disputar o Campeonato Mundial, no Egito, em agosto", disse o novo treinador da equipe sub-23. No lugar de Giovane, no time sub-21, entrará Neri, que seu auxiliar no ano passado.

Segundo Giovane, a mudança faz parte da reformulação das seleções, a partir da saída de Bernardinho, em janeiro. "As categorias de base seguindo como nunca uma orientação de cima, tentando fazer um trabalho visando a preparação desses jogadores para que, no dia que eles estiverem na adulta, estejam alinhados, acostumados com o ritmo de treinamento. É uma coisa legal. É uma alegria muito grande continuar vestindo a camisa da seleção brasileira com uma nova responsabilidade e com atletas que vão exigir mais", comentou.

Mais conteúdo sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.