1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Rexona fatura o título do Sul-Americano de Clubes de Vôlei

- Atualizado: 28 Fevereiro 2016 | 23h 36

O Rexona-Ades, do Rio de Janeiro, confirmou neste domingo o seu favoritismo e conquistou com facilidade o título do Campeonato Sul-Americano de Clubes de Vôlei. Na decisão, o time dirigido por Bernardinho derrotou o peruano San Martin por 3 sets a 0, com parciais de 25/16, 25/22 e 25/17.

"O time do Peru é muito bom, tem atacante ótimas, fortes, mas não soubemos sacar bem, o que facilitou para o nosso lado e conseguimos fechar o jogo", afirmou Monique. "A torcida do time do Peru compareceu em peso e fez muito barulho durante toda a partida. Além disso, já sabíamos que ia ser uma final bem disputada pela qualidade do time delas, mas conseguimos sair com a vitória. A sensação é de dever cumprido para a nossa equipe", acrescentou a oposto.

O Rexona era o atual campeão sul-americano, torneio que também havia vencido uma outra vez, em 2013. A conquista também confirma a soberania das equipes brasileiras, que venceram todas as edições do torneio desde que a sua realização anual foi retomada em 2009 pela Confederação Sul-Americana de Vôlei.

Rexona vence Sul-Americano
Rexona vence Sul-Americano

Em La Plata, o time do Rio teve campanha perfeita, sem perder sequer um set. Na fase de grupos, as vitórias foram sobre o argentino Gimnasia La Plata e o boliviano Olympic. Depois, nas semifinais, o triunfo do Rexona foi diante do também argentino Villa Dora.

O título garantiu ao Rexona a classificação para a edição de 2016 do Mundial de Clubes de Vôlei. E o time teve três jogadoras eleitas para a seleção do torneio: a ponteira Gabi, a líbero Fabi e a central Carol, que também foi apontada como a melhor jogadora da competição.

Além disso, a conquista do Rexona confirma a "dobradinha" do vôlei brasileiro no Sul-Americano de Clubes. Afinal, na semana passada, em Taubaté (SP), foi o Sada Cruzeiro quem assegurou a conquista da versão masculina do torneio.

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX