Divulgação/FIVB
Divulgação/FIVB

Rexona-Sesc vence time suíço e vai à final do Mundial de Clubes

Equipe enfrentará o Vakifbank Istanbul, contra quem fará revanche da decisão do Mundial de 2013

Estadao Conteudo

13 Maio 2017 | 11h02

Em mais uma grande apresentação, o Rexona-Sesc derrotou neste sábado o Volero Zurich, da Suíça, por 3 sets a 1, com parciais de 25/13, 25/16, 21/25 e 26/24, e avançou à final do Mundial de Clubes, disputado na cidade japonesa de Kobe. A decisão está marcada para 7 horas deste domingo (horário de Brasília).

Atual campeão da Superliga feminina, o time carioca vai enfrentar o Vakifbank Istanbul, que se garantiu na final ao vencer um duelo totalmente russo contra o Eczacibasi Istanbul por 3 a 1 (25/20, 25/23, 23/25 e 25/22). Desta forma, a equipe comandada pelo técnico Bernardinho terá uma revanche da final de 2013, quando foi batida justamente pelo Vakifbank Istanbul, em Zurique.

Na semifinal deste sábado, o Rexona-Sesc Rio contou com mais uma performance decisiva de Gabi, com seus 17 pontos. Carol também brilhou, principalmente com no bloqueio. Foram 10 pontos somente neste fundamento, e 14 no total. A maior pontuadora da partida foi Carcaces, com 18.

Com Gabi e Carol inspiradas, a equipe carioca dominou os dois primeiros sets com facilidade. Foi uma atuação fulminante, sem dar chances de reação ao time suíço. Porém, as brasileiras caíram de rendimento na terceira parcial e o Volero cresceu em quadra. Mas, num set muito equilibrado, o Rexona-Sesc voltou a se impor no jogo com um apertado fim de set.

Outra equipe brasileira no Mundial de Clubes, o Osasco Vôlei Nestlé entrou em quadra neste sábado para definir posições no campeonato. Fora das semifinais, a equipe paulista derrotou o japonês Hisamitsu Springs Saga por 3 sets a 0, com parciais de 25/20, 25/21 e 25/21. Com o resultado, o Osasco ganhou a chance de disputar o quinto lugar na noite deste sábado, contra o Dínamo Moscou.

Mais conteúdo sobre:
Vôlei Vôlei Mundial de Clubes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.