1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Seleção brasileira bate o Irã e se reabilita na Liga Mundial

Agência Estado

15 Junho 2014 | 16h 48

Em oito jogos disputados, o Brasil conquistou sua terceira vitória

Depois de duas derrotas seguidas para o Irã, a seleção brasileira masculina de vôlei voltou a vencer na Liga Mundial. Novamente diante dos iranianos, neste domingo, em Teerã, o Brasil conseguiu ganhar por 3 sets a 2 (25/19, 25/16, 23/25, 23/25 e 15/10), em 1 hora e 57 minutos de jogo, e manteve as chances de classificação para a fase final do torneio.

Em oito jogos já disputados nesta edição da Liga Mundial, o Brasil somou neste domingo apenas a sua terceira vitória. Antes, ganhou uma vez do Irã, em São Paulo, e outra da Polônia, em Maringá (PR), mas também perdeu duas partidas para os iranianos, uma para os poloneses e mais duas para os italianos, contra quem jogou em Jaraguá do Sul (SC).

Divulgação/FIVB
Seleção brasileira perdeu dois dos quatro jogos contra o Irã

Mesmo com essa campanha, bem abaixo das expectativas para o vôlei brasileiro, que é o maior campeão da história da Liga Mundial (nove títulos), o Brasil ainda luta para se classificar. Como a Itália será a sede da fase final, o que lhe garante vaga automática, o terceiro colocado do Grupo A deve avançar - e a disputa está aberta entre brasileiros, iranianos e poloneses.

Diante do Irã, o Brasil tinha perdido no dia 7 de junho em São Paulo e na última sexta-feira em Teerã. Mas conseguiu reagir neste domingo, quando fez novamente um jogo duro, só decidido no quinto set. O ponteiro Lucarelli e o oposto Wallace foram os maiores pontuadores brasileiros, com 21 pontos cada, ambos abaixo do iraniano Mahmoudi, que terminou com 25.

Dessa vez, o técnico Bernardinho escalou o time com Bruno, Wallace, Lucão, Sidão, Murilo, Lucarelli e o líbero Mário Júnior - durante o jogo, ele também usou Lipe, Vissotto e Raphael. Assim, a seleção voltou a vencer na Liga Mundial. Agora, o Brasil jogará no próximo fim de semana na Polônia. E, depois, ainda visitará a Itália pela última rodada da fase de classificação.