1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Seleção feminina de vôlei retorna ao Brasil e foca no Mundial

Amanda Romanelli - O Estado de S. Paulo

26 Agosto 2014 | 07h 00

Campeãs do Grand Prix no Japão desembarcam no País e logo retomam treinos para a disputa do torneio, que será na Itália

Após a conquista do décimo título do Grand Prix, domingo, em Tóquio, a seleção feminina de vôlei desembarca em São Paulo na manhã desta terça-feira para um curto período de descanso. De acordo com a programação inicial da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), as jogadoras voltam a se reunir em Saquarema no dia 1.º de setembro. Está previsto um período de pelo menos duas semanas de treinos. Depois disso, a equipe viaja para a Itália, onde buscará o único título que falta em sua galeria.

Após comandar o Brasil na vitória sobre o Japão na última rodada do Grand Prix, o técnico José Roberto Guimarães mostrou satisfação pelo desempenho da seleção. "Essa competição foi um grande teste para todos nós. O Grand Prix é muito desgastaste. São muitas viagens, jogos e pressão."

O torneio mostrou ao técnico que sua aposta de manter Jaqueline como titular, após um ano de inatividade da ponteira, foi acertada. A campanha no principal teste pré-Mundial também deu maior confiança à líbero Camila Brait, já que Fabi, dona absoluta da posição nos últimos dois ciclos olímpicos, decidiu se aposentar da seleção antes do Grand Prix. Um dos desejos de Zé Roberto era que as jogadoras saídas do banco mantivessem o ritmo da equipe titular e isso aconteceu na reta final do torneio, especialmente com Tandara e Gabi.

Yuya Shino/Reuters
Fernanda Garay e Camila Brait foram destaques na conquista

No Mundial, a perspectiva é de dificuldade maior. No Grand Prix, dois dos principais adversários brasileiros – China e Rússia – não utilizaram sua força máxima.

A China poupou quatro de suas principais jogadoras na fase final do Grand Prix, e a Rússia, bicampeã mundial, espera por duas atletas de muita qualidade e experiência, Anastasia Sokolova e Ekaterina Gamova.