Vôlei: Brasil pega a China motivado

Após uma estréia mais do que animadora no Campeonato Mundial ? uma vitória por 3 sets a 0 sobre a Polônia (25/18, 25/19 e 25/18) ? a seleção brasileira feminina de vôlei tem seu maior desafio na fase de classificação: a China. A partida, válida pelo Grupo D, será neste sábado, às 9h30, horário de Brasília. As chinesas entram em quadra como favoritas, pois venceram o Brasil por 3 a 1 nas duas partidas que disputaram recentemente, na Liga Mundial, mas isso não diminui o entusiasmo das brasileiras. ?Se conseguimos ganhar dois sets naquele torneio, três não é impossível?, diz a oposto Luciana. Para o técnico Marco Aurélio Motta, um bom saque será fundamental porque as adversárias, apesar da superioridade técnica, não têm bom ataque de fundo. A seleção deverá entrar em campo altamente motivada depois da boa apresentação desta sexta. A ansiedade da estréia, que poderia atrapalhar um grupo cuja única jogadora com experiência em Mundiais é a meio-de-rede Karin, não prevaleceu e o time chegou fácil à vitória. ?É muito importante começar com o pé direito?, disse a atacante Paula, maior pontuadora do jogo, com 16 pontos. ?O jogo de estréia sempre traz um pouco de nervosismo. Erramos em alguns detalhes, mas vamos tomar a partida como uma lição.? Motta não conseguiu sair de quadra totalmente satisfeito. ?Sacamos e recepcionamos com eficiência, além de conseguirmos virar as bolas com facilidade?, avaliou. ?Mas desperdiçamos muitos contra-ataques durante a partida e isto não poderá acontecer contra a China no próximo jogo.? Nesta sexta as chinesas venceram a seleção da Austrália por 3 sets a 0 (25/12, 25/08 e 25/16).

Agencia Estado,

30 Agosto 2002 | 17h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.