FIVB/Divulgação
FIVB/Divulgação

Zé Roberto admite erros do Brasil em derrota no Grand Prix: 'Perdemos a lucidez'

Brasil foi superado pela Tailândia, rival para quem nunca havia perdido, por 3 sets a 0, em parciais de 25/22, 25/21 e 29/27

Estadão Conteúdo

15 Julho 2017 | 10h10

O técnico José Roberto Guimarães admitiu neste sábado que o excesso de erros da seleção brasileira feminina de vôlei foi fator fundamental para a derrota para a Tailândia por 3 sets a 0, em Sendai, no Japão, pelo Grand Prix. Para o treinador, as seguidas falhas fizeram a equipe "perder a lucidez" em quadra.

"Parabéns para a Tailândia que fez uma excelente partida. Nós cometemos muitos erros e perdemos a lucidez no jogo em função das combinações de ataque da Tailândia", declarou o treinador, insatisfeito, principalmente, com as limitações do saque brasileiro.

"Nosso saque não foi efetivo e só conseguimos quebrar o passe delas em alguns momentos. A levantadora delas (Tomkom Nootsara) é excepcional e jogando com a bola na mão imprimiu muita velocidade. Faltou atitude e lucidez para nosso time", reiterou Zé Roberto.

A derrota deste sábado contrastou com a grande atuação da seleção na vitória sobre a Sérvia, que havia vencido o Brasil na semana anterior do Grand Prix.

Com o resultado deste sábado, a seleção figura na quarta colocação geral, com oito pontos. As sérvias lideram, com 12. Os Estados Unidos vêm em segundo lugar, com a mesma pontuação, mas desvantagem nos critérios de desempate. E a Holanda, com 10, é a terceira colocada.

Ao todo 12 seleções disputam esta fase do Grand Prix. Avançam à fase final as cinco melhores. Serão seis finalistas no total porque a China, anfitriã da fase final, já está garantida na disputa. Até lá, os países se enfrentam em três grupos de quatro times cada em cada semana desta fase de classificação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.