1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Zé Roberto prega cuidado antes da 'final' do Grand Prix

Estadão Conteúdo

23 Agosto 2014 | 11h 49

Com muitas expectativas para o confronto das duas melhores equipes na competição, técnico da seleção monta seu esquema 

O técnico José Roberto Guimarães cobrou atenção e regularidade da seleção brasileira de vôlei antes do confronto decisivo do Grand Prix, na manhã de domingo. O Brasil enfrentará o Japão, em Tóquio, na última rodada do hexagonal final da competição. Mas o jogo se tornou uma final não oficial por reunir as duas únicas equipes com chances de título.

"A expectativa para essa partida é muito grande. Vamos jogar contra um ginásio lotado. O Japão está se apresentando muito bem. O esquema de jogo sem centrais tem dado certo. É um time que erra pouco, muito regular e veloz. Elas estão defendendo demais", avaliou, ao enumerar as qualidades da equipe rival.

Rafael Arbex/Estadão
Zé Roberto prega cuidado na final

Apesar da preocupação, Zé Roberto já sabe como vencer a "decisão" de domingo, na capital japonesa. "Vamos ter que passar muito bem para as nossas centrais conseguirem jogar e, consequentemente, abrirem espaço para as pontas", finalizou José Roberto Guimarães.

O Brasil conquistará o título do Grand Prix pela 10ª vez se vencer o Japão por 3 sets a 0 ou 3 sets a 1. Se perder duas parciais, cederá o título ao adversário por estar em posição inferior na tabela. O time nacional tem 10 pontos, contra 12 das japonesas.

A seleção se manteve na cola do Japão na classificação do hexagonal ao vencer a Rússia por 3 a 0, neste sábado. O triunfo sobre o tradicional rival também ajudou a manter o moral elevado da equipe de Zé Roberto.

"Nosso bloqueio fez 16 pontos e não deixamos a Rússia jogar à vontade, principalmente a Kosheleva, que é a principal atacante delas, e a Goncharova, que joga na saída de rede. Estou feliz porque atuamos como um time. A distribuição de bolas foi boa, todas pontuaram. Conseguimos jogar 70 ou 80% do tempo com o passe na mão e isso facilitou nossas ações", aprovou.

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo