Esportes

esportes

Confira a apresentação de Tite no Corinthians e de Oswaldo de Oliveira no Palmeiras

Treinadores darão entrevistas coletivas nesta terça-feira, em que falam de seus projetos para 2015

O ano de 2015 começa para Corinthians e Palmeiras. Nesta terça-feira, Tite e Oswaldo de Oliveira são apresentados como técnicos das equipes paulistas. Treinador mais vitorioso da história do Corinthians, o gaúcho volta com prestígio após um ano sabático, enquanto o carioca tentará tirar o Palmeiras de um ano cheio de confusões e crise. O repórter Daniel Batista acompanha o time alviverde na Academia, enquanto Fábio Hecico dá as informações no CT Joaquim Grava. Vanderson Pimentel fica na redação informando tudo o que acontece.

ACOMPANHE AO VIVO

Atualizar
  • 13h12

    16/12/2014

    Encerramos aqui a transmissão das entrevistas coletivas de Tite e Oswaldo de Oliveira. Muito obrigado pela companhia e até a próxima!

  • 13h06

    16/12/2014

    Tite e Oswaldo de Oliveira foram apresentados nesta quarta-feira por Corinthians e Palmeiras, respectivamente.

    Montagem/Estadão

  • 13h05

    16/12/2014

    De férias, Oswaldo de Oliveira se reapresenta junto com o Palmeiras no dia 7 de janeiro.

  • 13h02

    16/12/2014

    Fim de entrevistas coletivas de Tite e Oswaldo de Oliveira.

  • 13h02

    16/12/2014

    Tite falou sobre o número de jogos sob o comando do clube. "Abel Braga ganhou uma camiseta 300 do Inter e olhei e disse, que história bonita ele tem no clube. Tenho uma foto com minha filha dando camisa 100, recebendo no dia dos pais e Ceará me empata por 2 a 2, chutei o ar, não acredito. Agora tenho a possibilidade de fazer 300 no Corinthians (está com 272)"

  • 13h01

    16/12/2014

    Ao falar de Pré-Libertadores, Tite relembrou Tolima. "Tolima, olhava para refletores e cabeça ficava assim (inchada). Não era possível, primeira derrota. Não devia ter sido assim, tínhamos de ter passado. Não dorme direito de noite. Andrés me deu uma injeção de ânimo. Depois Palmeiras, Júlio César defende uma bola nos 44 minutos."

  • 13h00

    16/12/2014

    "A medida que o treinador vai ganhando experiência e ele vai somando clubes em sua história, ele vai melhorando e tendo mais conhecimento daquilo que ele precisa fazer. Juntar essa experiência é legal. É uma possibilidade de desenvolver um trabalho legal. O Palmeiras é sempre para ser campeão. É um estágio inicial. O Palmeiras é candidato a todos os outros clubes", falou Oswaldo.

  • 13h00

    16/12/2014

    Oswaldo se sente honrado com o desafio de comandar o Palmeiras. "Não tenha dúvida. Isso tudo é excitante. Não tem dimensão. A vontade é incrível. Tem muito a ver isso."

  • 12h59

    16/12/2014

    Oswaldo falou sobre trabalhar com Alexandre Mattos. "Não o conheço pessoalmente. Conheço o trabalho dele de uma forma anônima. Porque no passado me perguntavam sobre o Cruzeiro e eu sempre elogiava a gestão. Será um grande prazer trabalhar com um profissional como ele."

  • 12h58

    16/12/2014

    Pergunta sobre salário de Tite gerou desconforto. "Extremamente satisfeito e gratificado por tudo que o Corinthians me proporciona. E muito feliz. Só peço cuidado para falar de números, na hora de colocar, não só a mim, mas de maneira geral. Nunca foi a grana antes de qualquer coisa, senão não teria voltado dos Emirados Árabes. Não é isso que me move.", disse o treinador. 

    Ronaldo Ximenes também não gostou da pergunta. "Falar de salário é extremamente desagradável. Ele ganha muito menos do que merecia para ser técnico do Corinthians, pela cobrança, pela pressão."

  • 12h57

    16/12/2014

    Só Oswaldo Brandão foi o único campeão pelos quatro grandes de São Paulo. Oswaldo de Oliveira relembrou o ex-treinador e seu desafio. "Todos são especiais. O meu xará é um cara que eu acompanhava de perto. Rubens Minelli também foi um cara muito competente e que deu uma cara nova ao futebol brasileiro. Leão e Nelsinho Baptista são meus amigos. E espero um dia conseguir ter a representatividade desses caras no futebol paulista. São exemplos."

  • 12h56

    16/12/2014

    Oswaldo de Oliveira falou sobre jogar na Allianz Parque. "O estádio era neutro nos dois primeiros jogos, porque o Palmeiras não estava acostumado. Esse amadurecimento vai acontecer no desenvolver dos jogos. É fundamental jogar em casa. Não só por interferência da torcida, mas por você ambientar do gramado, do clima. Quanto mais você repete jogos, mais você vai familiarizando nos jogos. Esse equilíbrio acaba fortalecendo e isso vai acontecer conforme os jogos vão acontecendo."

  • 12h55

    16/12/2014

    Tite relevou telefonema a diretoria do Inter após acerto com o Corinthians. "Primeira coisa que fiz quando acertamos, só pedi para aguardar antes de colocar no site para ligar para a direção do Internacional para agradecer. Demos um abraço. E falei com o  presidente Píffero dizendo obrigado, mas que tinha fechado com outro clube."

  • 12h54

    16/12/2014

    "O que mais me motiva é ir para clube e ele me proporcionar crescer, isso é que mais me motiva. Atleta quer, se motiva mais quando vai trablahar com alguém que pode crescre. Mas Tite não entra na área financeira, isso é da diretiva e sei da minha responsabilidade. Indico em termos técnicos, indico em escalação, que é minha obrigação. Na outra área não quero, não vou me envolver nunca. E ainda tenho dificuldade.", disse Tite.

  • 12h53

    16/12/2014

    Oswaldo falou que vai lutar para fazer com que Palmeiras não fique nas últimas posições. "Difícil de aferir isso. vamos disputar uma competição, que é o campeonato mais difícil. Nenhum outro campeonato começa o campeonato com 10 ou 12 clubes favoritos ao título. Quando inicia a competição, é difícil escalar as equipes principais e as favoritas. Vamos trabalhar muito para isso, para que existe essa conjunção do trabalho."

Estadão Blue Studio Express

Conteúdo criado em parceria com pequenas e médias empresas. Saiba mais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.