As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Mendes, o conquistador

Carles Martí (Espanha) e José Eduardo Carvalho (Brasil)

04 de fevereiro de 2013 | 20h23

Carles: O que restou do Deportivo La Coruña, o Super-Depor, que um dia foi o time de todos os brasileiros?

Edu: Lanterna né? Pobre e quase rebaixado. ‘Sin pena ni gloria’, como vocês dizem.

Carles: E vai piorar, está em bancarrota. Não vejo muito futuro…

Edu: Eles tinham grande projeção internacional e, me parece, tinham respeito aí dentro também, dos próprios adversários. Era um time com jogadores de Seleção, não só do Brasil. Mas o momento atual tem a ver com as consequências daquele momento?

Carles: Aquele Super-Depor de Donato, Mauro Silva, Bebeto, Djalminha sim viveu por cima as possibiliades e agora chegam as consequências. Dizem que só conseguiram competir com os gigantes da Liga pela proximidade a atividades como lavagem de dinheiro, ligadas inclusive às drogas. E aí, a fonte secou…

… Faz umas semanas, precisavam urgentemente de um montão de dinheiro para não desaparecer, chegou a se especular que pediram ajuda inclusive ao Real Madrid. Parte do dinheiro teria chegado através de Jorge Mendes, poderoso empresário português, representante, entre outros, de José Mourinho e Cristiano Ronaldo.

Edu: Sei, ex-jogador fracassado, ficou sem clube e acabou como dono e vieolocadora, de boate e representante e jogadores jovens… trabalhou com Ricardo Carvalho, Deco, Bosingwa…

Carles: O Mourinho não esquece que foi o Mendes que o levou para o Chelsea, dizem que ele está por trás da dispensa do antigo treinador do Depor, Oltra e da contratação do português Paciência mais um bando de expatriados jogadores lusos que Mendes precisava colocar na vitrine. E o Depor, pelo visto, prestou-se a isso, por dinheiro e para ganhar tempo.

Edu: Vitrine? O Depor de hoje?

Carles: Esse é o problema. Mas não há dúvida de que é uma forma barata de expor jogadores, na Primeira Divisão de uma liga vista no mundo inteiro.

Edu: Esse Mendes conseguiu bagunçar a Liga hein? Que tanto poder tem esse cara?

Carles: A mídia bajula muito. Ele vai às principais rádios dar entrevistas e recebe ligações no celular, responde ao vivo. Jogue mal ou bem, Cristiano Ronaldo tem espaço garantido nos noticiários dos meios impressos e eletrônicos para falar de suas façanhas. Se não tiver assunto, falam do penteado dele.

Edu: O que chegou por aqui foi que o Marcelo começou a ser perseguido pelo Mourinho por não concordar em ter o tal Mendes como agente, como outros protegidos dele no elenco (Pepe, Coentrão, Di Maria). Pelo jeito, é bem possível que tenha sido isso mesmo.

Carles: É muito provável. O Mourinho chegou a barrar jogadores de base do Real Madrid para poder escalar jogadores portugueses jovens, cuja cláusula contratual estava associada à disputa mínima de minutos no time principal. Depois eles sumiram. Provavelmente, voltaram para os times de origem, mas com a multa de quebra de cláusula no bolso.

Edu: Então, você diria que o Mendes tem participação direta na falência do Depor?

Carles: Acho que ele vai acabar de enterrar. No último fim de semana perderam contra um Getafe com 10 jogadores, pela expulsão do goleiro Moya. E de virada.

Edu: A comunidade está fazendo algo? A torcida aceita tudo? Um time que já foi tão grande não tem como buscar outras formas de gestão? Ou começar expulsando o português…