As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

A “exclusão” do Grêmio

Almir Leite

26 Setembro 2014 | 14h03

Uma das características do Pleno do  STJD é reformar as decisões dos julgamentos de primeira instância.

Normalmente, abranda a pena.

Foi isso o que o STJD fez no caso do ataque racista contra Aranha.

O Grêmio continua excluído da Copa do Brasil.

Mas não por ter sido excluído, como ocorreu no primeiro julgamento.

O Pleno apenas determinou que o clube perdesse três pontos.

A consequência, foi a eliminação – uma vez que havia perdido a malfadada partida para o Santos na sua arena.

Dá na mesma? Claro que não.

A partir de agora, todo o clube julgado por ações racistas de sua torcida estará sujeito a perder apenas 3 pontos.

Convenhamos, é muito pouco para um problema tão grave.

O STJD simplesmente abriu uma brecha.

Lamentável.