As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

As escolhas, e os sinais, de Felipão

Almir Leite

11 de fevereiro de 2014 | 12h15

Fernandinho e Rafinha são as novidades da seleção brasileira para o amistoso de 5 de março na África do Sul.

Felipão disse que convocaria no total 19 jogadores, 20 no máximo.

Chamou 16.

Ou seja, faltam três – ou quatro.

Um será goleiro.

Os outros dois serão atacantes.

O atacante será Fred, se puder jogar, e um outro entre Jô e Leandro Damião.

Diego Tardelli? Não sei.

Se optar por chamar mais quatro jogadores, o quarto deverá ser zagueiro.

Rever ou Dedé têm mais chances.

Dos novos convocados, Fernandinho tem chance de ir à Copa.

Lucas Leiva e Hernanes devem colocar as barbas de molho.

Rafinha, lateral-direito do Bayern de Munique, tem chances reduzidíssimas.

Os laterais-direitos de Felipão são Daniel Alves e Maicon.

Dos não-convocados, Kaká pelo jeito vai ser a Copa pela TV ou da arquibancada.

Robinho, em péssima fase no Milan, está na corda-bamba.

Só deve ir se faltar centroavante de ofício.

Já Bernard e Hulk estão dentro.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.