As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Caboclo será o chefe da seleção brasileira na Copa da Rússia

Futuro presidente da CBF - será eleito no dia 17 - vai comandar a delegação durante o Mundial

Almir Leite

06 de abril de 2018 | 16h34

Rogério Caboclo ainda não foi eleito presidente da CBF – será no dia 17 -, mas ganha a cada dia espaço na entidade. Já é quem manda de fato, embora o presidente em exercício, com o afastamento de Marco Polo Del Nero, seja o coronel Antonio Nunes. E acaba de ser designado chefe da delegação da seleção brasileira na Copa da Rússia.

Nenhuma surpresa. Del Nero não pode sair do País e não iria mesmo à Copa mesmo que se vier a ser reconduzido a suas atividades na CBF pela Fifa – algo muito, bastante, improvável, para não dizer impossível, pois tudo indica que ele será banido do futebol. E Caboclo, oficialmente diretor executivo de Gestão, já é, repito, quem dá as cartas no moderno prédio da avenida Luiz Carlos Prestes, no nobre bairro carioca da Barra da Tijuca.

Recentemente, inclusive, ele esteve junto da seleção, acompanhando os amistosos na Rússia e na Alemanha. Mesmo porque pode viajar livremente, para onde quiser.

 

Tendências: