Corinthians, por pior que esteja, não pode ser submetido a humilhação
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Corinthians, por pior que esteja, não pode ser submetido a humilhação

Time caiu de 4 diante do Peñarol porque foi mal escalado por causa da preferência que foi dada de última hora ao Paulistão

Almir Leite

14 de maio de 2021 | 15h12

É compreensível que o Corinthians tenha optado por dar mais importância ao Campeonato Paulista do que à Copa Sul-Americana.

Pode-se dizer até mesmo que foi um opção sensata.

A classificação no torneio continental já estava virtualmente perdida após apenas três rodadas – por culpa única e exclusiva do time – e no Estadual a equipe ainda está na briga.

Goleada sofrida pelo Peñarol também é resultado da opção errada de Mancini

Pode até brigar pelo título, embora a fraqueza do elenco não recomende jogar muitas fichas nessa possibilidade.

Mas nada disso justifica a humilhação sofrida em Montevidéu.

O Corinthians caiu de quatro diante do Peñarol, um time razoável e nada mais que isso, e a surra ainda poderia ter sido maior.

Bem maior.

E não foi mero acidente de percurso, como definiu o técnico Vagner Mancini.

O Corinthians foi goleado porque foi mal escalado. Estava cheio de jogadores que não estão bem – e mesmo quando estão não são craques -, com a desculpa de preservação dos considerados titulares para a semifinal do Paulista.

Vários deles perderam espaço recentemente justamente porque não estavam jogando nada.

Sem contar que colocar o Mandaca, em seu segundo jogo como profissional, numa fogueira como a de Montevidéu, além de imprudência, beira à covardia.

O Corinthians foi presa fácil porque faltou mesclar o time com jogadores que estão rendendo mais.

E porque a proposta de jogo foi equivocado. O time, com dois zagueiros depois de algumas partidas jogando com três (não os que atuaram no Uruguai, claro), mostrou-se muito vulnerável. Nada fez.

Por isso, apanhou feio.

O que pode vir a custar caro para Mancini, até pelo decboche de dizer que o time jogou bem nos últimos 15 minutos, pois o jogo já estava decidido.

Até porque, tivesse o Corinthians jogado bem nos PRIMEIROS 15 minutos, o Peñarol não teria feio 2 a 0 sem precisar forçar.

Mancini tem, no geral, feito trabalho razoável.

Mas escorregões desse tipo podem encurtar sua trajetória no Corinthians.

Depois da humilhação no Uruguai, se o time cair na semifinal do Paulista é bem provável que ele “volte ao mercado”.

P