As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Levir e Chape cada vez mais próximos

Almir Leite

07 de dezembro de 2016 | 14h34

O martelo ainda não está batido, evidentemente. Mas é provável que até sexta-feira Levir Culpi defina se vai mesmo ajudar no projeto de reconstrução da Chapecoense. E as chances de treinador e clube estarem num acordo são grandes.

Levir tomou a iniciativa, ao se oferecer sem exigir salário, e os dirigentes da Chape gostaram da ideia.  Afinal, trata-se de um treinador experiente, que conhece futebol e, acima de tudo, tem bastante bom humor e força emocional, itens que serão muito importantes neste momento.

As duas partes estão conversando. A Chapecoense prefere pagar salário a seu futuro treinador – não por orgulho ou por desprezar a oferta de ajuda, mas porque manter a excelência de administração que vinha sendo uma de suas marcas.

Quer também que o treinador fique todo o ano, e não apenas para o catarinense – até porque a Chape tem ao longo da temporada Libertadores, Recopa, Brasileiro, Copa do Brasil…

Ambas as partes estão dispostas a negociar. Por isso, é bem possível o acordo. E seria um ótimo recomeço para a Chapecoense.