As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Mais R$ 200 mi (pelo menos) para o Itaquerão

Almir Leite

11 de setembro de 2013 | 20h58

O Corinthians vai receber, muito provavelmente nesta quinta-feira, mais uma boa notícia relacionada  à construção da arena.

A Prefeitura de São Paulo vai liberar a segunda parcela dos Certificados de Incentivo ao Desenvolvimento, os CIDs.

O comitê de construção do estádio, formado por vários secretários municipais, vai se reunir para tratar do tema e dará o sinal verde para a emissão dos papéis.

Serão mais de R$ 200 milhões.

Mas há um detalhe nesse valor.

Dos R$ 156 milhões da primeira remessa,  anunciados em abril, apenas cerca de R$ 96 milhões foram efetivamente liberados.

Assim, os R$ 60 milhões restantes serão incorporados à parte a ser autorizada agora.

No final do processo, é bom lembrar, terão sido liberados R$ 420 milhões em CIDs para a arena corintiana.

Essa segunda remessa, depois de aprovada nesta quinta,  só será liberada de fato após a publicação no Diário Oficial do Município.

Isso leva em média dois dias úteis.

Nunca é demais lembrar: de posse dos papeis, o Corinthians pode negociá-los no mercado imediatamente, se quiser.

Mas quem comprar só poderá utilizá-los para pagar impostos municipais no dia seguinte ao jogo de abertura da Copa.

Sem a concretização do fato que motivou o incentivo fiscal, nada feito. É o que diz a lei.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: