As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Neymar faz justo desabafo. Mas precisa crescer

Almir Leite

10 Novembro 2017 | 16h36

Neymar desabafou. Mostrou-se incomodado, revoltado, e reagiu ao que ele garante serem notícias falsas sobre desentendimentos no PSG, principalmente no que se refere à briga com Cavani e ao relacionamento com o técnico Unay Emery. Garante não haver nada disso. É tudo intriga de quem não está dentro do clube e quer aparecer em cima de sua fama.

Neymar pode ter razão. Ou pelo menos uma grande dose de razão. Mesmo alguém tão egocêntrico como ele dificilmente arranjaria uma encrenca por dia, como publicam diariamente na França.  No mínimo há uma grande dose de exagero no que falam dele e sobre ele.

É verdade que o mundo inteiro viu aquela cena entre ele e o uruguaio por causa de um pênalti num jogo do time francês.  Mas é fato que esse entrevero pode ter sido superado. O mesmo vale para possíveis divergências com Emery.

O tempo vai mostrar quem tem razão. Se a imprensa que pega no pé de Neymar, ou se o craque.

Agora, já é tempo de Neymar demonstrar maior maturidade. Ele não tem SÓ 25 anos, como todos falam quando querem defendê-lo, entre eles o técnico Tite. Ele JÁ tem 25 anos, como lembra o companheiro Mário Sergio Venditi. Está na hora de se comportar melhor.

Refiro-me, aqui, exclusivamente ao comportamento dentro de campo. É compreensível que se irrite com marcação dura e por vezes violenta. Mas o Neymar é ele, não o (s) marcador (es). Por isso, tem de saber se controlar. Mesmo porque o descontrole pode levar a comprometimento técnico – sem contar o risco de expulsão.

Faz bem o Tite, nesse ponto, em cobrar Neymar, em exigir que ele não reaja.

Neymar precisa entender que não é preciso ser santo. Mas não basta apenas belos dribles, ótimas jogadas, gols incríveis para se tornar o melhor jogador do mundo. Também é preciso saber se comportar dentro de campo – e fora a maior parte do tempo. Ele tem perto de si dois grandes exemplos: Messi e Cristiano Ronaldo.