As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Tite faz a convocação que fechará a primeira fase do ciclo pós-Copa

Lista para os amistosos de novembro contra Uruguai e Camarões encerrá fase de observações visando à Copa América

Almir Leite

25 Outubro 2018 | 22h37

Tite faz nesta sexta-feira, às 11 horas, a convocação da seleção brasileira que marcará o fim da primeira fase do ciclo iniciado após a Copa da Rússia e ter será encerrado na Copa do Catar, em novembro/dezembro de 2022.

A lista é para os jogos do próximo mês de novembro, contra Uruguai, dia 16, e Camarões, dia 20, ambos na Inglaterra, a primeira casa da seleção já há algum tempo, por alguns motivos. Entre eles porque fica mais fácil reunir lá os jogadores, em sua maioria “europeus”; pela estrutura para treinamentos, notadamente quando as atividades acontecem no completo CT do Tottenham; e sobretudo para atender aos interesses da empresa que detém os direitos de comercializar e organizar os amistosos da equipe.

Mas voltemos ao encerramento da primeira fase do ciclo pós-Copa. Fase esta composta por seis jogos, dos quais os de novembro serão os últimos, em que Tite aproveita para fazer várias observações visando à Copa América de 2019.

Desta vez não será diferente. O treinador fará novos testes e um dos dos candidatos é o volante Allan, do Napoli. Bom marcador, dono de bom passe, é cortejado pela seleção italiana, até por ter feito sua carreira basicamente por lá. Por isso, Tite tem de correr para testá-lo e, se for o caso, segurá-lo.

Cobiçado pela seleção italiana, o volante Allan pode ter chance com Tite

Nomes que já apareceram nas convocações recentes devem ser lembrados, para que sejam mais bem observados. São os casos de Dedé, Paquetá, Everton (que não pôde ir na última por contusão), Richarlison.

O palmeirense Dudu também tem chance e não será surpresa se Gabigol, que esteve na primeira convocação de Tite (em 2016) e depois não mais voltou, retornar.

De certa forma, essa é a última chance para vários jogadores, pois, na convocação de março de 2019 Tite e sua comissão técnica vão inaugurar a segunda fase do ciclo, esta voltada mais diretamente para a formação do grupo que disputará a Copa América.