Atletismo elege os melhores do ano – acompanhe ao vivo!
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Atletismo elege os melhores do ano – acompanhe ao vivo!

Amanda Romanelli

21 de novembro de 2014 | 13h14

Atualizado às 18h02

O Principado de Mônaco recebe, mais uma vez, o IAAF World Athletics Gala, a festa que elege os melhores do ano no atletismo. A cerimônia, que começa às 17 horas (de Brasília) desta sexta-feira, pode ser acompanhada ao vivo pelo Youtube.

Quer ver quem foi premiado?

Após a divulgação de uma lista inicial com dez nomes para cada naipe (em que o passado de doping de Justin Gatlin, um dos concorrentes, veio à tona), a votação popular definiu os três finalistas. Entre os homens, a escolha será bastante complicada, por causa dos feitos obtidos pelos atletas nesta temporada, considerada  de entressafra.

Concorrem dois recordistas mundiais – o francês Renaud Lavillenie, que bateu o recorde mundial indoor do salto com vara, e o queniano Dennis Kimetto, que destruiu a marca mundial da maratona – e um saltador que, por muito pouco, também não é o melhor de sua prova: o catari Mutaz Essa Barshim, que duelou inúmeras vezes com o ucraniano Bohdan Bondarenko pelo recorde mundial que pertence ao cubano Javier Sotomayor há mais de 20 anos.

men

No time feminino, Valerie Adams é, sem dúvida, a grande estrela – e o fato de ainda não ter sido premiada só mostra como as provas de campo perdem em popularidade para as de pista. A neozelandesa do arremesso do peso tem um currículo impressionante: bicampeã olímpica e tricampeã mundial, não perde uma competição há mais de quatro anos (são 56 vitórias consecutivas).

A etíope Genzebe Dibaba, mais jovem da estrela família de fundistas, bateu dois recordes mundiais indoor nesta temporada, a mais destacada de sua carreira até agora. Corre por fora a holandesa Dafne Schippers, de 22 anos, que combina a rara habilidade de conseguir se destacar no heptatlo (bronze em Moscou-2013) e em provas individuais (100 m e 200 m). Nesta temporada, dedicou-se mais aos 200 metros, e conseguiu terminar o ano como vice-líder do ranking mundial.

women

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.